Al-Hilal campeão
Futebol Outras ligas

Al-Hilal, de Jorge Jesus e Neymar, conquista o Campeonato Saudita

Neste sábado (11), o Al-Hilal enfim confirmou o favoritismo e conquistou o seu 19º título do Campeonato Saudita. A equipe comandada por Jorge Jesus obteve o título por antecipação após a vitória diante do lanterna Al-Hazem, por 4 a 1, em duelo válido pela 31ª rodada do campeonato.

Com mais nove pontos restantes em disputa, o Al-Hilal chegou a marca de 89 pontos e não pode mais ser alcançado pelo vice-líder Al-Nassr (77), equipe comandada por Luís Castro e que possui Cristiano Ronaldo no elenco. Sob forte expectativa de equilíbrio, a equipe de Neymar disparou na liderança do campeonato rapidamente com invencibilidade de 31 rodadas (29 vitórias e 2 empates).

Hegemonia do Al-Hilal na Arábia Saudita

A conquista faz crescer ainda mais a hegemonia do Al-Hilal em campos sauditas. Este consistiu no 19º título do clube, aumentando em dez a vantagem de troféus para os adversários Al-Ittihad e Al-Nassr. Outras equipes que também levantaram taças no país foram Al-Shabah (6), Al-Ahli (3), Al-Ettifaq (2) e Al-Fateh (1).

Além disso, o clube também levantou seis das últimas oito temporadas do Campeonato Saudita, com o Al-Nassr de 2018/19 e da última temporada sendo exceções, mantendo uma hegemonia considerável.


Títulos conquistados nas seguintes temporadas: 1976/77, 1978/79, 1984/85, 1985/86, 1987/88, 1989/90, 1995/96, 1997/98, 2001/02, 2004/05, 2007/08, 2009/10, 2010/11, 2016/17, 2017/18, 2019/20, 2020/21, 2021/22, 2023/24


Jorge Jesus no Flamengo?

Enquanto os árabes curtem a conquista da temporada atual, o torcedor do Flamengo segue na expectativa pelo retorno de Jorge Jesus. Durante a semana, o perfil oficial do técnico português curtiu uma postagem nas redes sociais de um jornal brasileiro que sugeriria o retorno do treinador ao rubro-negro.

A matéria em questão consistia na opinião de Ana Helena Goebel favorável ao retorno de Jorge Jesus. Cabe relembrar que Tite vive uma relação complicada com o torcedor do Flamengo por conta de diversas críticas e falta de desempenho desde a conquista do Campeonato Carioca. No entanto, o Al-Hilal provavelmente não estará liberando o seu técnico com facilidade após o término da atual temporada.

Imagem: Al-Hilal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *