Celtics x Mavericks
Basquete NBA

Análise: Celtics fazem jogo dominante em Boston no primeiro jogo das finais da NBA

O Boston Celtics venceu o primeiro jogo das finais da NBA pelo placar de 107 a 89, saindo na frente nas finais. Vamos analisar como Boston conseguiu dominar o Dallas Mavericks nesta primeira partida. Os grandes destaques de Boston foram Kristaps Porzingis, que fez uma partida dominante no primeiro tempo, tanto no ataque quanto na defesa, e Jaylen Brown, que foi o grande nome do time no segundo tempo.

Pelo lado dos Mavericks, Luka Doncic anotou 30 pontos e pegou 10 rebotes, mas foi praticamente o único a se destacar na noite de quinta-feira (6) no TD Garden. O restante do time de Dallas esteve bem abaixo. P.J. Washington, com 14 pontos, foi o segundo maior pontuador dos Mavericks no jogo, e Kyrie Irving teve apenas 11 pontos.

Primeiro tempo dominante dos Celtics

Apesar dos primeiros minutos terem sido equilibrados, Boston dominou o primeiro tempo, fazendo um jogo muito intenso, principalmente na defesa. No ataque, Boston foi mortal nas bolas de três pontos, criando bons arremessos. Após a entrada de Porzingis, o jogo se desequilibrou a favor do time de Joe Mazzulla. Porzingis foi dominante nos dois lados da quadra e foi fundamental para que Boston construísse uma vantagem confortável.

No segundo período, os Celtics mantiveram a boa vantagem, que chegou a ser de 29 pontos em certo momento do jogo. No entanto, no final do segundo quarto, no último minuto, Boston já mostrava um pouco de displicência, forçando bolas triplas, o que permitiu aos Mavericks reduzir a desvantagem para 20 pontos.

Dominância de Jaylen Brown

O Dallas Mavericks se ajustou no intervalo e voltou para a quadra melhor. Jason Kidd acertou sua defesa, especialmente em cima de Porzingis, e conseguiu anular um pouco as principais peças de Boston. Mesmo com a vantagem, os Celtics continuaram forçando bolas de três pontos. Após uma bola de três de Doncic, a vantagem caiu para oito pontos.

Aqui vale ressaltar o trabalho do técnico Joe Mazzulla, que soube parar o jogo nos momentos certos e ajustou seu time nos tempos pedidos. Boston melhorou na partida e retomou a vantagem. Com Tatum e principalmente Brown pontuando mais, o Celtics conseguiu reconstruir sua boa vantagem e encaminhou a vitória no terceiro quarto. Na defesa, a intensidade voltou, com um show de bloqueios pelo lado branco e verde.

No último quarto, foi só administrar e, já na metade do período, Kidd tirou seus titulares de quadra. O Boston Celtics mostrou sua força e venceu o primeiro jogo das finais. As duas equipes voltam a se encontrar no domingo (9) no TD Garden, na Nova Inglaterra.

Conclusão

O Boston Celtics mostrou que, se Dallas quiser vencer esta série, terá que jogar muito mais do que jogou nesses playoffs. Até porque os Celtics possuem mais jogadores para pontuar, enquanto os Mavericks dependem muito de Luka Doncic e Kyrie Irving. Obviamente, é esperado que Dallas não tenha um desempenho tão ruim quanto teve neste primeiro jogo, onde o time do Texas não conseguiu ter respostas para as ações dos Celtics.

Por outro lado, existe uma diferença considerável entre os dois times, e a volta de Porzingis deixa a situação ainda melhor para o lado verde. O jogo 2 com certeza será mais disputado. Ainda tem muita série pela frente, mas o Boston Celtics deu o recado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *