Atlético-MG perde para Sport, mas avança às oitavas da Copa do Brasil - Pedro Souza/Atlético
Copa do Brasil Futebol

Atlético-MG perde para Sport, mas avança às oitavas da Copa do Brasil

O Atlético Mineiro está classificado para disputar as oitavas de final da Copa do Brasil. Porém, a vaga alvinegra foi conquistada em meio à pressão imposta pelo Sport, que venceu por 1 a 0 na Arena Pernambuco, mas não ficou com a vaga por perder a partida da na Arena MRV por 2 a 0, caindo por 2 a 1 no placar agregado.

O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Crhystian Barletta, aos 13 minutos do primeiro tempo, após finalização de fora que desviou em Maurício Lemos e encobriu o goleiro Everson antes de entrar.

Após sofrer o gol, o Galo precisou se segurar para não tomar o segundo e ver o rival igualar o placar agregado, mas não foi fácil. Isso porque o Leão seguiu martelando durante boa parte dos 90 minutos, mas não obteve êxito na missão. O Atlético, por sua vez, ainda chegou a marcar com Paulinho, mas o golaço do camisa 10 foi anulado pelo VAR por falta no início da jogada.

Garantido nas oitavas, o Atlético garantiu mais R$ 3,46 milhões em premiação por ter avançado. Agora, o Galo aguarda a definição dos demais classificados para conhecer seu próximo adversário na competição, que será definido via sorteio.

Domínio rubro-negro nos 45 minutos iniciais

Necessitando vencer por dois gols de diferença para levar a disputa da vaga para os pênaltis, ou por uma diferença de três ou mais para ficar com a vaga direta, o Sport partiu para cima do Atlético Mineiro desde o apito inicial. A primeira grande chance do Leão foi aos oito minutos, quando Romarinho arrancou pela esquerda e passou para o lateral Filipinho chutar, mas a bola desviou em Battaglia e saiu por pouco.

Um minuto depois, Barletta recebeu cruzamento e cabeceou por cima do gol atleticano. Porém, o atacante não desperdiçou sua segunda chegada ao ataque. O camisa 30 recebeu na ponta direita, cortou para a perna esquerda e chutou de fora da área. A bola desviou em Lemos e traiu o goleiro Everson, que foi encoberto e nada pôde fazer para impedir o gol do Sport.

Em vantagem, o Leão cresceu e seguiu tomando as rédeas da partida. Os donos da casa tiveram uma chance claríssima com o lateral-direito Pedro Lima, que aos 25’ recebeu de frente para Everson, mas perdeu a oportunidade de ampliar, frustrando a torcida na Arena Pernambuco. A resposta do Atlético veio aos 29’, após tabela entre Igor Gomes e Gustavo Scarpa, que terminou na finalização do camisa 6 assustando o goleiro Caíque França.

Pedro Lima teve uma segunda chance aos 39’, ao ficar com a sobra na ponta direita, mas chutou para fora. Aos 41’ foi a vez de Romarinho perder cara a cara com o goleiro Everson. O atacante, livre de marcação, tirou demais do arqueiro alvinegro e mandou fora.

Barletta comemora gol pelo Sport - Foto: Sandy James.Diário de Pernambuco
Barletta comemora gol pelo Sport – Foto: Sandy James/Diário de Pernambuco

Atlético equilibra jogo para ficar com a vaga

Dominado na primeira etapa, o técnico Diego Milito tirou Lemos e Igor Gomes para pôr Rômulo e Igor Rabelo, fortalecendo o sistema defensivo. Mais seguro na retaguarda, o Galo passou a se arriscar no ataque e chegou a marcar com Paulinho. Aos 10’ da etapa final, o camisa 10, em jogada individual, acertou um belo chute no ângulo de Caíque, mas a pintura foi anulado após o VAR encontrar uma falta na origem da jogada. A paralisação durou cinco minutos.

Após o susto, o Sport voltou a levar perigo em um chutaço de do volante Felipe, que aproveitou passe de Coutinho para emendar uma pancada seca na bola que tinha o gol como destino, mas Vargas salvou em cima da linha aos 22.

Com o resultado que lhe convinha, o Atlético passou a se fechar cada vez mais e o Sport, já sem o mesmo ímpeto e organização, não conseguia incomodar como antes. Ainda precisando de um gol para levara para os pênaltis, o Sport começou a se lançar para o tudo ou nada e deixou brechas. Em uma delas, o atleticano Alisson bateu da entrada da área e quase empatou , mas o chute saiu por pouco.

Aos 43’, Everson ainda salvou um chute de Pedro Lima que desviou no meio do caminho e obrigou o goleiro do Galo a se esticar todo para evitar o 2 a 0. Depois desse último susto, o jogo ficou amarrado no meio de campo e nem mesmo os dez minutos de acréscimos foram suficientes para que o placar fosse alterado.

Mesmo derrotado, Atlético saiu com a vaga da Arena Pernambuco - Foto: Sandy James/Diário de Pernambuco
Mesmo derrotado, Atlético saiu com a vaga da Arena Pernambuco – Foto: Sandy James/Diário de Pernambuco

Final: Sport 1×0 Atlético Mineiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *