caruso giddey bulls okc
Basquete NBA

Chicago Bulls troca Alex Caruso com OKC por Josh Giddey

O Chicago Bulls trocou o armador Alex Caruso com o Oklahoma City Thunder por Josh Giddey, conforme noticiado pelo insider Adrian Wojnarowski, da ESPN. Caruso é elegível para uma extensão de contrato de quatro anos no valor total próximo a $79 milhões, que poderá ser acionada dentro de seis meses.

Na última temporada, Caruso foi selecionado pela segunda vez consecutiva para o NBA All-Defensive Team e recebeu votos entre os dez melhores para o prêmio de Defensor do Ano da liga. Ele é amplamente visto ao redor da liga como uma peça valiosa para contenders que necessitam de defesa no perímetro, uma habilidade limitada na NBA do calibre de Caruso. Os Bulls sempre receberam propostas pelo armador, mas o compromisso da equipe em permanecer competitiva diminuiu o interesse em negociá-lo.

Com o Thunder, Caruso terá a chance de competir pelo seu segundo anel, depois de vencer com os Lakers na temporada de 2020. A franquia de OKC terminou em primeiro lugar na Conferência Oeste na última temporada, com um recorde de 57-25. O Thunder avançou além dos Pelicans na primeira rodada, mas foram eliminados pelo campeão da Conferência Oeste, Mavericks, nas semifinais.

Impacto de Josh Giddey nos Bulls

Os Bulls recebem um armador jovem e promissor, mas que deixou uma péssima impressão na última temporada: Giddey, de 21 anos, armador australiano de 2,03m, está entrando em sua quarta temporada na NBA, sem ainda conseguir se tornar uma peça consistente em quadra. Inicialmente draftado com a 6ª escolha no Draft da NBA de 2021 pelo Thunder, Giddey é conhecido por suas habilidades como playmaker.

Nos três primeiros anos de sua carreira, Giddey teve médias de 13,9 pontos, 7,3 rebotes e 5,7 assistências. Adquirindo Giddey, Chicago aposta no resultado a longo prazo. Os Bulls terão que considerar imediatamente sua situação contratual, já que ele está na última temporada de seu contrato de novato, que lhe renderá $8,3 milhões nesta temporada. Ele é elegível para uma extensão de contrato de novato até o início da próxima temporada.

Além de um péssimo desempenho por OKC nos playoffs, o extra-quadra de Giddey também foi um fator na última temporada. O armador foi acusado de manter um relacionamento com uma menor de idade. No entanto, em janeiro, o Departamento de Polícia de Newport Beach, na Califórnia, afirmou que não pôde corroborar qualquer atividade criminal. Giddey nunca enfrentou punição da liga e continuou jogando apesar das acusações.