Messi Copa América
Futebol Copa América

Copa América: como chegam as seleções favoritas para a competição

A Copa América começa nesta quinta-feira (20), para se juntar a Eurocopa e o Brasileirão. O fã do futebol nunca esteve tão feliz e tenho certeza disso, para sintonizar esse torcedor ao que está por vir, a Playmaker Brasil estará apresentando como as seleções favoritas do torneio americano chegarão para a disputa pelo título.

Apesar de existir um equilíbrio interessante entre as mais conhecidas, Chile, Colômbia, Equador, Brasil, Uruguai e Argentina, é possível dizer que as três últimas são vistas como as principais. Sem deixar de lado as outras iniciais, principalmente por se tratar da Copa América, onde tudo tem chances de acontecer.

Guia da Copa América

Argentina

Argentina Copa América
Foto: Carl Recine/Reuters

 

Olhando para um franco favorito na Copa América, é impossível não considerar a Argentina, depois de terem conquistado o título da Copa do Mundo em 2022 e estando em busca do seu bicampeonato, vencido no Maracanã em cima do Brasil. O momento vivido pelo time comandado por Lionel Scaloni e encabeçado por Lionel Messi, é simplesmente exemplar, sendo observado como a equipe a ser batido.

Dos 21 últimos jogos da equipe albiceleste, foi derrotada em apenas duas oportunidades, na estreia no Catar diante da Arábia Saudita por 2 a 1 e contra o Uruguai, onde foram vencidos pelo placar de 2 a 0. Um ponto que chama bastante atenção na Argentina nesta Copa América, é o entrosamento do grupo, que não se desmantelou ou viu seu treinador se despedir, mantendo-se forte para brigar pelas cabeças.

Escalação provável: Emiliano Martínez; Gonzalo Montiel, Cristian Romero, Lisandro Martínez e Marcos Acuña; Rodrigo De Paul, Enzo Fernández e Alexis Mac Allister; Lionel Messi, Lautaro Martínez (Julián Álvarez) e Di María.

Uruguai

Uruguai Copa América
Divulgação/Instagram

 

Em seguida, mas não menos importante, o Uruguai de Bielsa tem dado alguns frutos ao chegar próxima do início da Copa América. Depois de ter tido um início conturbado, as vitórias começaram a aparecer nos principais jogos, quando tiveram o Brasil e a Argentina pela frente, porém, quando as partidas são diante adversários mais fracos, é possível notar o nível caindo.

Chegaram a amassar o México por 4 a 0 no último jogo antes do torneio americano, mas antes disso, empataram com a Costa Rica em 0 a 0 e foram derrotados pela Costa do Marfim por 2 a 1. Antes disso, chegaram a derrotar o Brasil por 2 a 0 num dia, na volta da Data FIFA, soltaram um 2 a 0 em cima da Argentina e chamaram os holofotes para si.

Devido esses grandes confrontos, o Uruguai pode ser visto como um time a ser interessante de acompanhar na busca pelo título da Copa América.

Escalação provável: Rochet; Varela, Giménez, Olivera e Viña; Ugarte, Bentancur, De Arrascaeta e De La Cruz; Pellistri e Darwin Nuñez.

Brasil

Brasil Copa América
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

 

O momento não é dos melhores, mas todos sabem da grandeza do Brasil. Dá para dizer que a Amarelinha não está chegando com a bola toda nesse torneio, principalmente pelas recentes mudanças de treinadores após a saída de Tite. Agora com Dorival Júnior, a seleção pentacampeã do mundo chegou a vencer Inglaterra e empatar com a Espanha com um gostinho de vitória na boca.

Entretanto, depois desse passeio na Europa, o Brasil retornou ao futebol americano, onde se deparou com o México, time contra quem chegou a abrir 2 a 0, sofreu o empate no finalzinho e contou com um brilhantismo absurdo de Endrick para sair com o triunfo. Antes da Copa América, teve os Estados Unidos, com quem empatou por 1 a 0, impondo um fraco futebol, uma péssima mensagem dada para quem quer brigar pelo título do torneio.

Escalação provável: Alisson; Danilo, Marquinhos, Beraldo e Wendell; Bruno Guimarães, João Gomes e Lucas Paquetá; Raphinha, Rodrygo e Vini Jr.

É claro que outros times também merecem atenção, Colômbia vem muito forte para a competição, assim como o Chile corre por fora e tem o Equador, que precisa ser acompanhado de perto e com cautela.

Foto: Omar Vega/Getty Images