Corinthians
Futebol Brasileirão

Corinthians: Após declaração de Augusto Melo, seguradora estuda romper patrocínio e prejudicaria clube em rescisão com Mano

Após a entrevista coletiva do presidente do Corinthians, Augusto Melo, feita nesta segunda-feira (10), onde pôs em xeque a credibilidade da Ezze Seguros, patrocinadora que estampa a parte superior das costas do uniforme do clube, a seguradora se demonstrou irritada com a declaração e estuda a rescisão de contrato, que será confirmada ou não após uma reunião a ser marcada em breve.

Durante uma discussão com o jornalista Tiago Salazar, do portal Gazeta Esportiva, Melo, ao defender o acordo com a Workserv Serviços Terceirizados, questionou o jornalista se a seguradora possui o CNAE, que é o código da Classificação Nacional de Atividades Econômicas. Salazar rebateu o presidente dizendo que está tudo certo com a Ezze, inclusive com o aval do Conselho Deliberativo.

“Procura saber se a empresa do nosso patrocínio de costas tem CNAE” – questionou Augusto Melo.

Segundo o portal Meu Timão, a tendência é que a Ezze confirme mesmo a rescisão de contrato, após a reunião com o seu conselho. O portal UOL confirmou que o Corinthians não está preocupado com esse rompimento, alegando que o acordo com a seguradora, firmado na gestão anterior, possui cifras insatisfatórias.

 

ROMPIMENTO PREJUDICA RESCISÃO DE MANO COM O CORINTHIANS

Caso a rescisão do Corinthians com a Ezze Seguros venha a acontecer, pode prejudicar um acordo costurado com o ex-técnico Mano Menezes, após sua demissão. O Timão deu o acordo com a seguradora como garantia de pagar as quantias que restam para fechar as dívidas com o treinador. Com isso, Mano perde a garantia de receber todas as parcelas em dia.

(Foto: Reprodução/ Corinthians TV/Canal UOL)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *