Rafa Venâncio Corinthians
Futebol Brasileirão

Corinthians aumenta salário e tenta manter zagueiro da base alvo de grandes da Europa

O zagueiro do sub-20 do Corinthians, Rafa Venâncio, de 17 anos, pode ser considerada a bola da vez no Parque São Jorge. Após assinar seu primeiro contrato profissional com o clube, o atleta teve o salário aumentado para garantir uma possível permanência na equipe, depois de ser ventilado em grandes clubes europeus a partir do momento que completar 18 anos de idade.

O jovem atleta completa maioridade no próximo dia 18 de março, e há algum tempo, suas atuações na base do Corinthians já vem sendo monitoradas por clubes como Real Madrid, da Espanha, e Manchester United e Chelsea, da Inglaterra. Sendo assim, visando a permanência do zagueiro no elenco do sub-20, comandado por Danilo Andrade, e que em breve poderá receber oportunidade no profissional com o técnico António Oliveira, a diretoria lhe concedeu um aumento salarial com valores maiores, porém não divulgados à imprensa. Além disso, estendeu seu contrato até abril de 2026.

Quem é o jogador da base do Corinthians?

Rafa Venâncio é cria do Corinthians desde 2017, tendo iniciado no sub-11 do Timão. No ano passado, foi campeão paulista na categoria sub-17, e promovido para o sub-20, onde compôs o elenco vencedor da Copa São Paulo de 2024, porém não atuou em nenhuma partida pois também foi inscrito como profissional no estadual. O zagueiro foi inscrito no Paulistão pelo elenco principal do clube, mas não recebeu oportunidades diante de Guarani e Ituano, jogos nos quais foi relacionado por Mano Menezes, então treinador alvinegro.

Apesar do contrato renovado, e de todas as sondagens ainda não passarem de especulação, já se ouve dizer que o jovem jogador não poderá ficar no Corinthians caso receba uma oportunidade no Futebol Europeu. O que para o Timão, mesmo com a baixa de um promissor atleta, poderá lhe render, uma multa estimada em R$ 159 milhões caso ele seja vendido para algum clube do Velho Continente, e dar ao time de Parque São Jorge, uma grande injeção financeira para honrar pendências deixadas pela gestão passada ao atual mandato de Augusto Melo, iniciado em janeiro desse ano.

Foto: Divulgação/Corinthians

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *