Fernando Seabra Cruzeiro
Brasileirão Futebol

Cruzeiro avança por acordo com Fernando Seabra para substituir Nicolás Larcamón

O Cruzeiro avançou nas negociações para reintegrar Fernando Seabra ao clube. Ex-técnico interino da equipe tanto no encerramento do Brasileirão quanto no Sub-20, o treinador de 46 anos está nos estágios finais de acerto para assinar o contrato, que deve abranger até o término do ano. Sua chegada visa ocupar a vaga deixada pelo demitido Nicolás Larcamón, após o vice-campeonato mineiro conquistado no último domingo. Confira a seguir detalhes sobre o possível acerto a ser anunciado ainda hoje.

Detalhes da negociação entre Cruzeiro e Fernando Seabra

É esperado que a Raposa faça o anúncio oficial de Seabra ainda hoje, permitindo que ele assuma o comando do treino agendado para esta tarde, visando o duelo desta quinta, contra o Alianza Petrolera, pela Copa Sul-Americana.  Além disso, uma coletiva de imprensa com o diretor de futebol, Pedro Martins, está agendada para o início da noite.

Fernando Seabra deixou oficialmente o Cruzeiro no final de janeiro, após conquistar o vice-campeonato na Copa São Paulo de Futebol Júnior, diante do Corinthians. Embora tenha sido considerado como uma opção para assumir o time principal ao final do Brasileirão do ano passado, o Cruzeiro optou por Nicolás Larcamón. Seabra recebeu uma proposta para trabalhar no Red Bull Bragantino.

No Cruzeiro, Seabra passou quase dois anos, tendo comandado a equipe Sub-20 em 91 jogos, com 57 vitórias, 18 empates e 16 derrotas. O treinador conquistou o título do Mineiro e da Copa do Brasil Sub-20 no ano passado, e fez parte da comissão técnica interina do time profissional durante o encerramento do Brasileirão. Apesar de Paulo Autuori ser o técnico naquele momento, Seabra teve uma participação ativa nos treinamentos como seu auxiliar. A comissão interina conseguiu alcançar o objetivo de manter o time na Série A e garantir uma vaga na Sul-Americana 2024.

Currículo de Seabra

Essa será a segunda oportunidade concreta de Seabra como treinador de uma equipe profissional. Sua carreira foi predominantemente construída nas categorias de base do futebol paulista, incluindo passagens pelo RB Brasil, coordenação de base no Corinthians por dois anos, comando do Sub-17 do Athletico-PR e do Sub-20 do Desportivo Brasil antes de chegar ao Cruzeiro.

Foto: Reprodução/Cruzeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *