Michael Cruzeiro
Futebol Brasileirão

Cruzeiro se frusta com permanência de Michael no Al-Hilal após pedido de Jorge Jesus

O Cruzeiro está mapeando o mercado em busca de opções para o ataque, porém, já viveu uma desilusão amorosa e agora, tem outra. Depois de ter falhado na busca por Dudu, do Palmeiras, a Raposa tentava Michael há um tempo, entretanto, o negócio se tornou impossível após Jorge Jesus entrar na jogada.

Era esperado que o atacante brasileiro conseguisse retornar ao seu país natal nesta janela de transferências, principalmente pela cota de estrangeiros que tem sido pauta no Al-Hilal. Com a entrada iminente de Neymar no elenco, o número passa do limite, o que acabaria sobrando para Michael. Por conta disso, o Cruzeiro estava ligado nas movimentações.

Com a volta do Brasil sendo vista como interessante para o profissional. Michael até tinha a preferência de jogar no Flamengo novamente, entretanto, a força e vontade da Raposa estava começando a conquistar um lugar no coração do ponta-esquerda, crescendo como uma grande possibilidade do negócio ser fechado.

O atacante tem contrato com a equipe asiática até junho de 2025, depois de ter sido vendido pela equipe carioca no valor de cerca de 7.6 milhões de euros em 2022. Com 102 jogos pelo Al-Hilal, o ex-Goiás balançou as redes em 20 oportunidades e efetuou 25 passes a gol pelo clube.

Virada de chave do Cruzeiro

O Cruzeiro está indo contra a premissa de “gastar pouco” no meio da temporada, colocando o dinheiro na mesa de seus reforços. Depois de ter anunciado Kaio Jorge e Lautaro Dias, o clube mineiro já deixou claro que quer elevar o nível do elenco, aumentar a competitividade do time após a saída de Nicolas Larcamón do comando.

É esperado que atacantes sejam procurados antes do final da janela de transferências, sem esquecer do nome de Gabigol, que tem sido outro a ser observado pela Raposa.

Foto: 2024 Getty Images, Getty Images Europe