Petit Deyverson
Futebol Brasileirão

Deyverson deve retornar ao Cuiabá após conversas de Petit: “Vai nos ajudar muito”

O atacante Deyverson não está interessado em renovar seu contrato com o Cuiabá, por conta disso, deve sair de graça em julho. Depois da derrota do Dourado para o Internacional, neste último sábado (1), o técnico Petit falou um pouco sobre o camisa 16, fez questão de elogiá-lo e dizer que tem buscado a reintegração da estrela do clube mato-grossense.

“Tem havido diálogo para reintegrar o Deyverson e prepará-lo da melhor maneira para nos ajudar. Eu o conheço há muitos anos, de Portugal, da Alemanha também. É um jogador que vai nos ajudar muito no futuro, vamos conversar eu, o presidente e o Deyverson para ver o melhor e prepará-lo já, pois temos nove jogos até o final do mês em que vamos precisar de todos”, revela Petit.

Diante das últimas cinco partidas, o Cuiabá apresenta diversos problemas ofensivos e não tem conseguido balançar as redes do seu adversário. Na presença de dois confrontos adiados, ainda aparece como a única equipe sem somar pontos, contando com um início de Brasileirão completamente deplorável.

Petit já admitiu sobre a falta que Deyverson faz no elenco atual, de onde está afastado desde abril. O português já levantou a pauta sobre a necessidade de trazer os bons resultados logo na próxima rodada.

“Tem que ter equilíbrio defensivo e ofensivo. Um defensor também pode chegar na área e fazer gol. Todos fazem falta, o Deyverson tem qualidade, sabemos o que fez na temporada passada. O Derik também é importante, conheci em Portugal e sei bem o que pode trazer para a equipe. Todos são importantes para darmos a volta por cima. Contra o Vitória será mais uma final, temos que dar uma boa resposta e lutar pelos três pontos”, relatou o técnico do Cuiabá.

Deyverson

 

Cuiabá sem Deyverson

Com Petit tentando movimentar as peças da melhor maneira possível, sem a presença do principal atacante do elenco, Deyverson. O momento da equipe mato-grossense era bom, com quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos em que o treinador português estava à frente do elenco, conhecendo sua primeira derrota no comando, logo na sua estreia no Brasileirão.

Elogiando o início de jogo da sua equipe, mas pontuando os problemas, alegou sobre o que resultou a derrota foi a falta de condicionamento físico de seus atletas, principalmente pelo campeonato nacional ter sido parado por duas rodadas e o Cuiabá ter tido confronto pela Sul-Americana antes deste embate diante do Inter.

“É uma competição diferente, a prioridade é o Brasileirão. O objetivo era conquistar o três pontos e não conseguimos. Estivemos bem no jogo até os 30 minutos e depois disso o Inter começou a tomar conta, mas as melhores chances no primeiro tempo foram nossas. O Inter melhorou com as mudanças no segundo tempo. Tivemos algum desgaste, estamos há dois dias do jogo na Argentina (contra o Lanús, pela Sul-Americana). Na altura que iríamos mudar, acabamos sofrendo o gol. Tentamos mudar o sistema, jogando com dois atacantes, mas não conseguimos”, dissertou Petit.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *