yamal espanha euro
Eurocopa Futebol

Entenda porque estrela da Espanha tem bandeiras de outros dois países nas chuteiras

Uma imagem tem chamado a atenção dos torcedores mais atentos aos jogos da Espanha na Eurocopa. A jovem estrela espanhola Lamine Yamal, de apenas 16 anos, exibe bandeiras de outros dois países em suas chuteiras: Guiné Equatorial e Marrocos, países de origem de seus pais. O pai é marroquino, enquanto a mãe é da Guiné Equatorial.

Antes de decidir jogar pela Espanha, Yamal teve a opção de representar qualquer uma dessas nações. Em 2023, o presidente da Federação Marroquina, Fouzi Lekjaa, afirmou que tiveram uma reunião com Yamal, mas ele recusou a oportunidade.

“Transmitimos nosso projeto a ele e à sua família, mas Lamine já estava decidido a jogar pela Espanha”, disse o presidente.

Lamine Yamal e recorde pela Espanha na Euro

O adolescente fez sua estreia no Barcelona na temporada passada, aos 15 anos, e rapidamente se destacou como um dos jogadores mais promissores do gigante catalão. Ele foi convocado pela primeira vez para a seleção nacional em setembro de 2023 e marcou em sua estreia contra a Geórgia, tornando-se o jogador mais jovem a jogar e marcar por La Roja.

Aos 16 anos, Yamal quebrou mais um recorde ao se tornar o jogador mais jovem da história a jogar uma Eurocopa. O recorde anterior pertencia ao meio-campista polonês do Brighton, Kacper Kozlowski, que jogou contra a Espanha na Euro 2020 aos 17 anos.

Recentemente, Yamal recebeu os resultados de seus exames escolares durante a Euro 2024. Nesta sexta-feira, ele enfrentará a anfitriã Alemanha em busca de uma vaga na semifinal do torneio europeu.

Yamal e Barcelona

Yamal estreou como profissional em abril de 2023, aos 15 anos de idade, em jogo de fim de temporada do Barcelona. Em 2023/24, passou a ser bastante utilizado pelo técnico Xavi Hernández na ponta direita, somando 50 jogos e anotando sete gols e sete assistência com a camisa culé. Foi na temporada passada também que recebeu sua primeira convocação na seleção da Espanha, para os jogos das Eliminatórias da Euro de setembro de 2023. Desde então é chamado frequentemente pelo técnico Luis de la Fuente.