Fifa
Futebol

Fifa: Sistema de desafio pode substituir VAR no futebol

Com várias polêmicas nos últimos anos, e a Premier League com intenções de não utilizar mais o VAR, a Fifa apresentou um projeto que pode mudar a utilização da tecnologia no futebol.

Segundo o Pierluigi Collina, ex-árbitro e hoje dirigente responsável pela arbitragem da Fifa, o novo sistema é chamado Football Video Support (Suporte de Vídeo do Futebol). O projeto seria uma opção para substituir o utilizado atualmente, o VAR.

O sistema de desafio foi oficializado nesta sexta-feira, 17, em coletiva de imprensa realizada pela Fifa. A tecnologia, porém, ainda será testada em jogos de categorias de base. Um teste já teria sido realizado na Suíça, durante um evento na semana passada.

Como funciona

O Football Video Support possibilitará dois desafios para cada time para que o árbitro principal reveja o lance com o auxílio de vídeo. O projeto é parecido com os utilizados no vôlei, futebol americano, basquete e entre outros esportes.

A nova forma de tecnologia só poderá ser utilizada em casos de lances de gols, pênaltis, cartões vermelhos ou erros de identificação de jogadores. O árbitro irá então rever a decisão em um monitor lateral do campo antes de dar o seu veredicto.

Caso o pedido seja positivo, a equipe mantém os dois desafios, caso contrário, perde um dos pedidos.

Além disso, o sistema de desafio não requer a presença de um árbitro focado em analisar as imagens, como acontece atualmente com o VAR. Isso porque a tecnologia seria utilizada em momentos pontuais dos jogos.

VAR, Fifa (Foto: Foto: Thomas COEX / AFP)
VAR, Fifa (Foto: Foto: Thomas COEX / AFP)

Visão da Fifa

“O resultado foi muito, muito positivo”, afirmou Collina em entrevista nesta sexta. “O nosso objectivo é continuar a testar este novo sistema, nomeadamente nas nossas competições juvenis.

“Esperamos poder dar a todos vocês que manifestaram interesse a possibilidade de implementar este sistema em suas competições”, completou.

(Foto: Matthew Ashton – AMA/Getty Images)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *