filipe luis 1 0
Futebol

Filipe Luís é o novo técnico do Flamengo Sub-17

Na manhã desta quinta-feira (18), o Flamengo anunciou que Filipe Luís assumirá o cargo de treinador da equipe Sub-17 do clube. O ex-lateral, que encerrou sua carreira em dezembro, dará início às suas novas responsabilidades a partir da próxima segunda-feira.

A notícia surge após a recusa de um convite feito ao ex-atleta para ocupar a posição de coordenador de seleções na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no início do mês. O ídolo rubro-negro expressou sua “extrema honra” pelo convite, mas reiterou seu desejo de iniciar uma carreira como treinador.

Ao longo de sua carreira como jogador, que teve início em 2003 no futebol profissional, o catarinense de Jaraguá do Sul defendeu sete clubes. O Flamengo, seu time de coração, foi o último deles, após passagens por Figueirense, Ajax, Real Madrid Castilla, Deportivo La Coruña, Chelsea e Atlético de Madrid, onde também alcançou status de ídolo.

No total, pelo Flamengo, onde agora dará seus primeiros passos como treinador, Filipe Luís participou de 176 partidas, marcou quatro gols e conquistou 11 títulos, incluindo duas Libertadores, dois Brasileiros, uma Copa do Brasil, uma Recopa Sul-Americana, duas Supercopas do Brasil e três Campeonatos Cariocas.

Desejo antigo

Para adquirir a qualificação como treinador, Filipe Luís conquistou a Licença B da CBF Academy, um pré-requisito fundamental para orientar equipes das categorias de base no cenário brasileiro. Ele deu início a este curso em abril de 2022 e já delineou seus planos para progredir rumo às Licenças A e Pro. Essas certificações o capacitariam a treinar equipes profissionais e a exercer suas habilidades fora do território brasileiro, respectivamente.

Recentemente, em entrevista à FIFA, o ex-lateral já havia expressado seu desejo de ser treinador: “Meu grande sonho como treinador é conquistar os troféus que faltaram. Mas, primeiro, esse sonho precisa ser realidade. E a realidade é que eu preciso me converter em treinador. Ainda não sou treinador, preciso estudar, me preparar, me organizar, crescer e, aí sim, estar no mercado como um dos melhores. Tenho um longo caminho pela frente, mas tenho fé de que vou conseguir chegar lá”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *