Gabigol Flamengo
Brasileirão Futebol

Flamengo: CAS marca data para julgamento de Gabigol por suposta fraude em exame antidoping

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) definiu a data para o julgamento do caso de Gabriel Barbosa, relacionado a uma suposta tentativa de fraude em um exame antidoping. Agendado para o dia 7 de junho, este processo coloca o atacante do Flamengo frente a frente com uma decisão crucial sobre sua carreira.

Gabigol havia sido suspenso por dois anos pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD) em março. Contudo, o jogador recorreu da decisão ao tribunal internacional e conquistou um efeito suspensivo no final de abril, o que permitiu sua continuidade em campo.

Segundo informações divulgadas pelo jornalista Venê Casagrande e confirmadas pelo ge, Gabigol comparecerá pessoalmente ao julgamento, que ocorrerá na Suíça. Apesar da viagem, o jogador não ficará ausente dos compromissos do Flamengo, já que o clube terá apenas dois jogos no início de junho.

A decisão do CAS será crucial para o futuro do atacante. O tribunal internacional, que representa a última instância no esporte, determinará se Gabigol será absolvido ou se a suspensão será mantida até abril de 2025. Tanto o Flamengo quanto a defesa do jogador mantêm o otimismo, especialmente após o sucesso do pedido de efeito suspensivo.

Flamengo e os detalhes do processo

Durante o processo no CAS, houve questões relacionadas aos custos judiciais, que devem ser divididos entre as partes. A defesa de Gabriel foi obrigada a arcar com parte desses custos após a ABCD não efetuar o pagamento de sua parte. Posteriormente, a ABCD enviou a documentação, mas o CAS a rejeitou devido a questões administrativas.

Como resultado, o tribunal internacional indicou dois dos três árbitros responsáveis pelo julgamento do pedido de efeito suspensivo. A votação resultou em unanimidade a favor do atacante, concedendo-lhe o direito ao efeito suspensivo enquanto aguarda a votação do recurso.

A defesa argumentou que o processo deveria ser analisado com urgência devido ao risco de Gabigol cumprir parte significativa da suspensão imposta. Além disso, citou a estreita margem da decisão no TJD-AD e apresentou uma síntese dos argumentos que serão utilizados no recurso para anulação da suspensão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *