Flamengo Viña
Futebol Brasileirão

Flamengo se aproxima de Matias Viña, segundo jornalista

A intensa busca do Flamengo por um lateral-esquerdo está prestes a alcançar seu desfecho, conforme revelado pelo jornalista italiano especializado em mercado de futebol, Gianluca Di Marzio. As negociações para a contratação de Matías Viña, atualmente emprestado para o Sassuolo pela Roma, avançaram consideravelmente, e o Flamengo está perto de um acordo.

Inicialmente, o clube carioca havia feito uma oferta de seis milhões de euros (aproximadamente R$ 32 milhões, na cotação atual) por Matías Viña. No entanto, buscando assegurar o reforço, o Flamengo aumentou a proposta para sete milhões de euros fixos, com a inclusão de bônus que podem elevar o montante para 8,5 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões).

Esses valores agora se aproximam das exigências iniciais da Roma, que buscava cerca de 10 milhões de euros pela transferência do lateral. Segundo informações de Di Marzio, a proposta revisada do rubro-negro parece ter aproximado as partes de um acordo, com o clube italiano indicando disposição para conceder a luz verde à transferência.

O agente de Viña encontra-se na Itália e já teve uma reunião no hotel onde a equipe estava hospedada para a partida contra o Milan. Essa presença sugere um avanço nas conversas e a iminência de um desfecho positivo para o Flamengo. Recentemente, representantes do Flamengo, incluindo Marcos Braz, viajaram para a Europa para tentar fechar as contratações de Viña e Luiz Henrique.

Necessidade do Flamengo por um lateral-esquerdo

A urgência na busca por um lateral-esquerdo aumentou com a aposentadoria de Filipe Luís, tornando Matías Viña uma prioridade na janela de transferências. Atualmente, o Flamengo conta apenas com Ayrton Lucas para a posição, destacando a necessidade de reforçar esse setor.

Além da qualidade técnica, a possível contratação de Matías Viña fortaleceria ainda mais a presença uruguaia no elenco do Flamengo, juntando-se aos compatriotas Giorgian De Arrascaeta, Nicolás De la Cruz e Guillermo Varela. Viña foi eleito um dos melhores da posição quando estava no Brasil, atualdno pelo Palmeiras, mas não teve tanto espaço desde que chegou na Roma, sendo emprestado para Bournemouth e Sassuolo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *