pedro.jpeg
Futebol Brasileirão

Flamengo pressiona bastante e derrota o Corinthians no Maracanã

No momento de maior pressão do Flamengo na temporada, o time do técnico Tite foi ao Maracanã para enfrentar o Corinthians em busca de exorcizar a crise e se realinhar com o bom futebol.

Enquanto isso, o Timão foi ao Rio de Janeiro disposto a se defender e tentar contra-atacar para sair na frente e segurar o adversário. Porém, ao permitir um grande volume ofensivo do Flamengo, acabou sofrendo o primeiro gol e, na etapa complementar o segundo.

A vitória pode ser um divisor de águas para o Flamengo, dando mais tranquilidade para Tite. E, do lado do Corinthians, reacende o sinal de alerta para o time, que pode dormir na zona do rebaixamento.

Massacre do Flamengo e belo gol de Pedro 

Depois de alguns erros de ambas as partes, o Corinthians foi quem assustou primeiro. Logo aos 3’, Rodrigo Garro bateu escanteio e Paulinho cabeceou bem para a defesa de Rossi.

Logo depois, também após cobrança de escanteio, esta por De La Cruz, Léo Pereira cabeceou com muito perigo, levantando a torcida no maracanã. No lance seguinte, Lorran bateu com perigo também.

O Flamengo seguiu massacrando. Aos seis minutos Ayrton Lucas chutou com perigo e carimbou a trave. Na sequência, Félix Torres, assustado, quase marcou contra.

O time rubro-negro seguia trabalhando no campo de ataque, dominando completamente a partida. E, rondando a área, a equipe da casa lutava por seu primeiro tento. Aos 16 minutos, Everton Cebolinha arriscou um belo chute, mas Carlos Miguel fez uma linda defesa.

Entretanto, dois minutos depois, Lorran dá bom passe para Pedro, que corta Cacá e bate por baixo de Carlos Miguel, numa bola defensável. Belo gol do Flamengo!

Após o gol, o mengão seguiu em cima, em belíssimo chute, Cebolinha novamente assistiu Carlos Miguel realizar uma incrível defesa.

Aos poucos o jogo foi ficando mais morno, com o Fla mais satisfeito com o resultado e o Timão tentando chegar na base do chuveirinho. Apesar disso, o clube carioca continuava mais perigoso.

No fim do primeiro tempo o Corinthians se lançou mais ao ataque, mas não levou perigo para a meta do goleiro Rossi.

Flamengo liquida o jogo com o jovem Lorran

Já na segunda etapa, a partida parecia mais equilibrada, com o Corinthians saindo mais de sua defesa, tentando propor o jogo com a bola passando pelos pés de Garro. O meia argentino deu o primeiro chute do Timão no segundo tempo.

Aos 10’, De La Cruz testou Carlos Miguel. Porém, na sequência, foi o Corinthians que ficou muito perto do gol, primeiro Garro bateu a falta na cabeça de Yuri Alberto, que escorou para ótima defesa de Rossi, na sobra Cacá bateu a queima-roupa, mas o goleiro argentino novamente trabalhou muito bem, salvando o Flamengo.

Com 17 minutos no relógio, quando o Corinthians vivia um bom momento, Lorran roubou a bola de Cacá e passou para Gerson, que devolveu para o garoto marcar o segundo do Flamengo, dando uma ducha de água fria no time paulista.

Após segundo tento rubro-negro, o Corinthians ficou com a bola e tentou se organizar para diminuir o placar, mas mesmo lutando muito, o Timão não conseguia criar chances claras, pecando nos momentos decisivos.

No fim o Flamengo se retraiu, deu a bola para o Corinthians, que não teve competência de achar espaços na defesa rubro-negra, terminando a partida sem ao menos assustar os cariocas.

Final: Flamengo 2x0 Corinthians

Lorran e Gerson comemoram o segundo gol na vitória do Flamengo sobre o Corinthians
Lorran e Gerson comemoram o segundo gol na vitória do Flamengo sobre o Corinthians (Imagem: Gilvan de Souza/Flamengo)

 

Comentários finais da vitória do Flamengo

O Flamengo finalmente reagiu após a derrota decepcionante para o Palestino pela Libertadores. Jogando um bom futebol, com ótimas alternativas ofensivas e destaque para o garoto Lorran, o rubro-negro criou várias oportunidades e poderia ter conseguido um resultado até mais elástico, parando na boa partida de Carlos Miguel.

Com a vitória o Flamengo alcançou a liderança do Brasileirão com 11 pontos, porém, o time pode ser ultrapassado por Athletico Paranaense, Bahia, Botafogo, Atlético Mineiro e Bragantino. Entretanto, o que vale mais é a volta do bom futebol. 

Já o Corinthians, voltou a perder no campeonato e no final da rodada pode retornar à zona do rebaixamento. A equipe foi ao Rio de Janeiro disposta a apenas se defender e pagou caro por isso. O Timão tem um bom articulador em Rodrigo Garro, entretanto, o jogo não parece fluir, vivendo de lampejos ofensivamente.

(Imagem de Capa: Alexandre Durao/ZIMEL PRESS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *