Flamengo - Vasco
Futebol Brasileirão

Flamengo toma gol, mas devolve 6 em cima do Vasco no Clássico dos Milhões

Neste domingo (02), o Flamengo venceu o Vasco da Gama por 6 a 1 no estádio do Maracanã, em jogo válido pela 7° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Os gols foram de Cebolinha, Pedro, David Luiz, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, para o Urubu, e Pablo Vegetti, para o gigante da colina. 

Um clássico de milhões, mas com alguns momentos “de centavos”, principalmente do Flamengo, completamente retrancado no início da primeira etapa, invertendo ao Vasco inerte da primeira metade do jogo até o fim. Mesmo assim, foi um resultado que recuperou a confiança da torcida com o rubro-negro. Destaque para Arrascaeta e Gabigol que quebraram o jejum de tentos com a camisa do Flamengo. Principalmente o último, que saiu de uma polêmica recente, custando a sua camisa 10.

 

VASCO COMEÇA BEM, PORÉM NÃO RESISTE AOS RUBRO-NEGROS

O primeiro tempo foi marcado pelo bom início vascaíno, começando com Rayan de pivô aos 4 minutos, abrindo para Puma Rodríguez, que devolve em profundidade a Rayan, de frente para o gol, mas Fabrício Bruno faz o corte. O atacante ainda insiste, fazendo a ultrapassagem e tocando para Galdames. Ele tenta devolver, mas a defesa do Flamengo faz o corte. 

A rede balançou um minuto depois, quando Galdames devolveu de cabeça para dentro da área e Vegetti acerta um voleio para abrir o placar, 1 a 0 Vasco. Aos 9, o Flamengo respondeu com Arrascaeta, que tentou o toque para a pequena área, onde estava Gerson. Mas Léo Jardim faz a defesa. Aos 11, o Vasco tentou o segundo, com Puma Rodriguez cruzando na área e Vegetti, sozinho, cabeceou para fora. 

Mas o argentino tentou de novo, em novo cruzamento de Puma, e o atacante apareceu para finalizar dentro da área, pegando mal na bola, que sai mascada e não leva perigo. Aos 22, Rayan ataca em velocidade pela direita, vence Viña na corrida e chuta para o gol e Rossi defende. Aos 27, veio o primeiro gol do mengão, De la Cruz, toca para Arrascaeta, que ganha a dividida de Maicon e mandou para Cebolinha, que pega de primeira e acerta o cantinho de Léo Jardim, 1 a 1.

Aos 32, Flamengo vira o placar! Everton Cebolinha, passando por dois marcadores, distrai Léo Jardim que não acha a bola, e para no peito de Pedro que estufa a rede, 2 a 1. Aos 42 minutos, mais um do Urubu! Na cobrança de escanteio, Everton Cebolinha cobra para o centro da área e David Luiz, livre e sem deixar a bola cair, marca 3 a 1. A primeira etapa termina com expulsão de João Victor, do Vasco, após falta em Cebolinha, em revisão do VAR.

 

ALGUÉM ANOTOU A PLACA DO FLAMENGO? 

A segunda etapa sacramentou o passeio flamenguista no Maraca! A começar pelo belíssimo gol do aniversariante Arrascaeta aos 5 minutos, onde Pedro faz um belo domínio e dá um toque por cima da defesa vascaína para deixar o uruguaio de cara para o gol. Ele dá um toquinho para tirar Léo Jardim e marcar 4 a 1. 

Aos 7 minutos, Arrascaeta dá lindo passe para Gerson, que entra de cara para o gol e só não faz o quinto porque a defesa conseguiu tirar. Mas o Fla seguiu tentando com Varela, que entrou livre pela direita e finalizou para boa defesa de Léo Jardim. Everton Cebolinha faz boa jogada pela esquerda e chuta nas mãos do goleiro do Vasco. Aos 27, foi a vez de Bruno Henrique fazer o dele. Arrasca passou por um, por dois e rolou para o camisa 27 bater com categoria para marcar 5 a 1.

Aos 30, BH tenta cravar mais um. Viña cruza rasteiro para a área, a bola bate na defesa do Vasco e sobra para Bruno Henrique cabecear. Mas ele pega fraco e Léo Jardim faz a defesa. Aos 34, sob vaias e cantos de “O Flamengo não precisa de você”, Gabigol entra em campo. Mas, o agora Camisa 99, calou a boca da torcida aos 43 minutos, quando Wesley arrancou pela direita e cruzou para o artilheiro marcar o sexto gol. Na comemoração, beijou o escudo em sinal de paz. E terminou assim:

F.T.: Vasco 1-6 Flamengo.

 

ANÁLISE FINAL

Um atropelo! O Flamengo superou os 4 a 0 em 2000 e fez a sua maior goleada contra o Vasco na história dos Brasileirões, também passando a maior do Cruz-Maltino, por 5 a 1, em 2001. Após o “chocolate”, como diria o saudoso Apolinho (que com certeza está rindo à toa no céu), o Urubu enfrenta o Grêmio na quinta (13) às 20h, no mesmo Maracanã. Já o Vasco, enfrenta o Palmeiras no mesmo dia, às 21h30, no Allianz Parque, em São Paulo.

(Foto: André Durão/GE).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *