Flamengo
Brasileirão Futebol

Flamengo vence o Bahia com gol de David Luiz nos acréscimos

Na noite desta quinta-feira (20), Flamengo e Bahia se enfrentaram no Maracanã, em confronto válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os dois times empataram em 1 a 1 no primeiro tempo, com Gerson marcando para o Rubro-Negro, aos 23’, e Everaldo empatando para o Esquadrão, aos 35’. No segundo tempo, ambos os times criaram oportunidades, mas o jogo parecia caminhar para um empate. Nos acréscimos, aos 48’, David Luiz marcou de cabeça, garantindo a vitória do Flamengo por 2 a 1.

Tite lidou com diversos desfalques para esta partida. Fabrício Bruno estava suspenso, enquanto Igor Jesus se recuperava de uma lesão. Além disso, De Arrascaeta, De la Cruz, Pulgar, Varela e Viña estavam participando da Copa América. Apesar dessas ausências, o treinador contou com o retorno de Ayrton Lucas, que voltou de lesão e deslocou Léo Pereira para a zaga. Everton Cebolinha também retornou, compondo um trio de ataque ao lado de Bruno Henrique e Pedro. A expectativa era de que o meio-campo fosse formado por Léo Ortiz, Gerson e Lorran.

Pelo lado do Bahia, Rogério Ceni também enfrentou desafios na escalação. Acevedo estava lesionado e Santi Arias representava a seleção colombiana na Copa América. Kanu era dúvida para o confronto. No entanto, De Pena retornou de suspensão e ficou à disposição no banco de reservas. O meio-campo do Bahia provavelmente seria composto por Caio Alexandre, Jean Lucas, Everton Ribeiro e Cauly, enquanto Everaldo e Thaciano formariam a dupla de ataque.

Tudo igual na primeira etapa

Desde os primeiros minutos, o Esquadrão de Aço impôs seu ritmo, dominando a posse de bola com autoridade. No entanto, como um exímio maestro que comanda a orquestra sem criar melodias marcantes, o Bahia não conseguiu transformar esse domínio em chances claras de gol.

O Rubro-Negro, por sua vez, esperou pacientemente o momento certo para contra-atacar. Aos 23 minutos, a estratégia flamenguista deu resultado. Lorran, encontrou Pedro no meio. Com um toque sutil, o camisa 09 ajeitou para Gerson, que, de fora da área, soltou um “foguete”. A bola desenhou uma curva perfeita, indo parar no canto esquerdo de Marcos Felipe. Era o gol que colocava o Flamengo em vantagem e calava momentaneamente os torcedores tricolores.

Mas o Bahia não se abateu. Continuou a buscar espaços e, aos 35 minutos, encontrou a brecha que precisava. Jean Lucas, em um lance de puro oportunismo, enfiou a bola na medida para Everaldo. O atacante mostrou força e habilidade ao ganhar na disputa de corpo com Léo Pereira e, com categoria, finalizou na saída de Rossi.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o jogo pegou fogo. Everaldo, novamente ele, teve a chance de virar para o Bahia, mas seu chute saiu pela linha de fundo, arrancando suspiros de frustração dos torcedores.

O Flamengo respondeu rápido. Em um contra-ataque fulminante, Everton Cebolinha ficou cara a cara com Marcos Felipe. O camisa 11, contudo, tentou ser preciso demais e acabou tirando demais do goleiro, mandando a bola para fora.

David Luiz marca no final da segunda etapa

Logo nos primeiros minutos, o time comandado por Rogério Ceni mostrou suas intenções ofensivas. Caio Alexandre tentou um passe perigoso pela direita para Gilberto, mas o camisa 19 exagerou na força, e a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 12 minutos, o Bahia continuava sua pressão. Thaciano arriscou um chute de fora da área, mas a bola subiu demais, passando por cima do gol de Rossi. A torcida tricolor sentia a falta de precisão nos momentos cruciais.

Foi apenas aos 20 minutos que o Flamengo finalmente entrou no jogo de forma mais contundente. Após um começo morno, o Rubro-Negro acordou, e Ayrton Lucas protagonizou um lance polêmico ao invadir a área pela esquerda e cair em choque com Caio Alexandre. Os jogadores pediram pênalti, mas o árbitro manteve sua decisão de não marcar nada, gerando reclamações intensas de Tite e companhia.

O Flamengo quase reassumiu a liderança do placar aos 27 minutos. Wesley cruzou na área, e Bruno Henrique subiu bem para cabecear. No entanto, Gilberto estava atento e desviou a bola pela linha de fundo, cedendo escanteio para o adversário.

O Bahia, tentando retomar o controle, buscou velocidade nas jogadas. Biel dominou pela direita e tocou para Jean Lucas. A nova tentativa pelo lado direito envolveu Ademir, que encontrou Gilberto. O lateral tentou um cruzamento, mas a arbitragem assinalou impedimento, frustrando a tentativa tricolor.

Nos minutos finais, a tensão aumentou. O Rubro-negro voltou a reclamar com o árbitro quando Gerson cobrou um escanteio aberto pela esquerda. David Luiz cabeceou, e a bola explodiu em Gilberto. Novamente, nada foi marcado, e as reclamações rubro-negras se intensificaram.

Quando tudo parecia caminhar para um empate, o golpe final veio nos acréscimos. Aos 48 minutos, Gerson cobrou uma falta em direção à grande área. David Luiz subiu mais alto que todos e cabeceou firme. Marcos Felipe ainda tocou na bola, mas não conseguiu impedir que ela entrasse no fundo das redes. O gol da vitória rubro-negra estava marcado.

O apito final selou os três pontos para o Flamengo, que soube aproveitar suas oportunidades e resistiu à pressão tricolor.]

Flamengo x Bahia (Foto: Letícia Martins/Bahia)
Flamengo x Bahia (Foto: Letícia Martins/Bahia)

FT: Flamengo 2 x 1 Bahia

A vitória dramática do Flamengo consolidou a equipe na liderança da Série A do Campeonato Brasileiro, ultrapassando o Botafogo e alcançando 21 pontos. Esse triunfo também encerrou a impressionante sequência de nove partidas de invencibilidade do Bahia na competição, destacando a importância e a dificuldade do confronto.

O próximo desafio para ambas as equipes já está marcado para domingo (23), às 16h (horário de Brasília). O esquadrão de aço enfrentará o Cruzeiro na Arena Fonte Nova.

Enquanto isso, o Flamengo se prepara para um clássico eletrizante contra o Fluminense no Maracanã, em um confronto que promete ser acirrado e emocionante, com mando de campo do rival tricolor.

(Foto: FILIPE REVELES/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA)