Marinho, Fortaleza
Futebol Brasileirão

Fortaleza: Marinho chora após receber cobranças da torcida, mas recebe apoio de Vojvoda

Ao final do jogo entre Fortaleza e Botafogo na Arena Castelão, o atacante Marinho seguiu sentado no banco de reservas por um bom tempo e aos prantos. O jogador deixou o campo durante o empate em 1 a 1 no segundo tempo, e foi vaiado pela torcida do Leão, respondendo por meio de aplausos.

Com dois gols e duas assistências em 24 jogos na temporada, a fase atual tem perturbado o atleta, que vem sendo muito cobrado pelos torcedores. No confronto de ontem pelo Brasileiro, Marinho chegou a deixar Renato Kayzer bem para marcar um gol, porém, a defesa botafoguense estava atenta e tirou a oportunidade do Fortaleza em cima da linha.

Marinho em ação contra o Botafogo, pelo Brasileirão
Marinho durante o jogo contra o Botafogo pelo Brasileirão — Foto: Divulgação/Fortaleza EC.

Marinho é defendido por Vojvoda após pressão da torcida

Após o empate no Castelão, e da pressão sentida por Marinho da torcida do Leão do Pici, o técnico Juan Pablo Vojvoda fez questão de demonstrar seu apoio ao atacante, muito cobrado pelas últimas atuações, e reintegrado ao elenco recentemente, após um quadro de gripe que lhe afastou do confronto contra o Nacional Potosí.

Juan Pablo Vojvoda fortaleza
Vojvoda, Técnico do Fortaleza — Foto: Divulgação.

Eu conversei com cada um dos jogadores, cumprimentando. Quanto ao Marinho, ele fez uma partida correta, ele sabe que pode render mais, por isso essa cobrança dele com ele mesmo. Ele sabe da capacidade que tem. É um jogador que tem um compromisso importante, eu acredito nele. Ele estava chateado, como estavam todos os atletas chateados. É importante isso de olhar para si mesmo, para melhorar.”

— Juan Pablo Vojvoda, técnico do Fortaleza.

Depois de voltar contra o Botafogo na tarde de ontem, Marinho também estará à disposição do Fortaleza para atuar contra o Boca Juniors na Argentina, na quarta-feira (15), pela Copa Sul-Americana. Sobre o duelo em La Bombonera, Vojvoda afirmou que o zagueiro Cardona está em condições de viagem, porém, será avaliado antes de ir para o confronto na competição continental. Além disso, o treinador comentou sobre a atuação tricolor diante dos cariocas, onde a equipe saiu na frente com Pocchetino, porém tomou o empate com Danilo Barbosa. A equipe chegou a marcar o segundo no finalzinho da partida com Lucero, mas teve o gol anulado.

Cardona já está em condições de viajar, mas temos que avaliar ele até lá. No primeiro tempo, jogamos com bom funcionamento. Há momentos em que podemos conseguir outro gol. Tivemos para fazer 2 a 0, duas chances claras. No segundo tempo, faltou isso. No segundo tempo, o adversário subiu o nível. Entraram jogadores que são importantes. Fizemos mudanças, mas o segundo tempo não foi ruim e nem foi bom.”

Foto: Matheus Lotif/Fortaleza EC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *