Fortaleza briga organizadas
Futebol Brasileirão

Fortaleza rompe com organizadas após confusão no futsal

O Fortaleza anunciou neste domingo (3) o rompimento total de duas organizadas do clube por tempo indeterminado após afastamento parcial. O banimento ocorre poucas horas depois que uma briga entre membros da Força da Galera (antiga Torcida Uniformizada do Fortaleza – TUF) e Irmandade Tricolor (antiga Jovem Garra Tricolor – JGT) ocorreu em um ginásio de futsal, ambiente diferente dos jogos de futebol disputados pelo clube.

Em jogo válido pela Copa do Estado (futsal), o Leão venceu o Russas por 7 a 2, mas membros de ambas organizadas brigaram e foram retiradas do ginásio por policiais militares como mostraram imagens publicadas nas redes sociais. A confusão ocorreu no intervalo e cessou após intervenção da Polícia Militar do Ceará (PMCE), que disparou tiros de balas de borracha.

Aspas de Alex Santiago, presidente do Fortaleza

“O futsal é feito pelo Fortaleza para entregar entretenimento para crianças, mulheres… É feito aos domingos pela manhã para que as famílias possam comparecer. Qualquer um que seja empecilho a isso não é bem-vindo nos jogos do Fortaleza Futsal.”

“Não tem meio termo, não tem flexibilidade. As duas torcidas organizadas que tiveram membros envolvidos na confusão da área interna do ginásio, Leões da TUF e JGT, estão suspensas indeterminadamente em qualquer partida do Fortaleza Futsal. Essa determinação é feita de maneira imediata após a partida para que as famílias que comparecem e apoiam o nosso futsal [saibam] que elas é que são a prioridade do Fortaleza Esporte Clube.”

Tudo começou na Neo Química Arena, em São Paulo

Cabe relembrar que uma briga entre as mesmas organizadas ocorreu na Arena Castelão em pleno jogo de ida das semifinais da Conmebol Sul-Americana diante do Corinthians, na Neo Química Arena. O clube anunciou pouco depois um rompimento parcial com as organizadas, que aprontaram uma nvoa confusão em frente à sede administrativa no início deste ano com tiros sendo disparados no local.

Imagem: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *