Flamengo Gabigol
Futebol Brasileirão

Gabigol recebeu convite de Cuca para atuar no Athletico

O Corinthians chegou a ganhar um concorrente forte na briga pela contratação de Gabigol a partir da próxima janela de transferências. De acordo com informações do UOL Esporte nesta quinta-feira (23), o atacante do Flamengo recebeu um convite formal de Cuca para atuar no Athletico Paranaense.

Além disso, o atual técnico do Furacão entrou em contato com a direção do rubro-negro carioca para avaliar a possibilidade de liberação contratual. Cabe relembrar que Gabigol, caso não renove com o Flamengo nas próximas semanas, estará livre para assinar pré-contrato com outro clube do futebol nacional ou internacional.

Gabigol e Cuca fizeram uma dupla de sucesso na temporada 2018 pelo Santos, quando o centroavante conquistou a atenção do Flamengo ao fechar o Brasileirão na artilharia pelo Peixe. Em entrevistas na época, Gabriel Barbosa elogiava muito as orientações recebidas pelo treinador.

Convite negado e sem chances de atuar no Furacão

Apesar do convite feito nos últimos dias, o UOL Esporte também revela que a resposta foi negativa por ambas as partes. Gabigol não demonstrou muito interesse em atuar do Athletico, e o Flamengo também não demonstrou muita “vontade” de negociar com o Furacão.

Enquanto isso, a negociação de renovação contratual com o Flamengo segue travada e sem grandes perspectivas de melhora diante do atual cenário.

Flamengo venceu na Copa do Brasil sem Gabigol

Gabigol não entrou em campo com a camisa 99 nesta quarta-feira (22), quando o Flamengo superou o Amazonas por apenas 1 a 0, em jogo válido pela 3ª fase da Copa do Brasil, na Arena da Amazônia. O técnico Tite provavelmente optou por preservar a imagem do atleta, envolvido com a polêmica da camisa do Corinthians durante a semana.

A chegada de Gabriel Barbosa em Manaus foi marcada por muita festa pela torcida local, mas organizadas que costumam estar presentes nos jogos disputados no Rio de Janeiro levaram faixas de protesto contra o centroavante.

Imagem: Marcelo Cortês / CRF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *