GP de Mônaco, Fórmula 1 2024
Automobilismo Fórmula 1

Grande Prêmio de Mônaco tem recorde negativo nas 10 primeiras posições

A oitava etapa da temporada de 2024 da Fórmula 1 foi marcada pela vitória do piloto Charles Leclerc em Mônaco. O monegasco conquistou pela primeira vez uma vitória em casa, liderando a corrida de ponta a ponta, porém, a corrida foi marcada por outro fator. Pela primeira vez um grande prêmio terminou com os mesmos 10 primeiros colocados da classificação. Ou seja, não ocorreu nenhuma ultrapassagem entre as 10 primeiras posições do GP.

O circuito de Monte Carlo por si só já é o mais difícil de se fazer ultrapassagem, devido ser uma pista de rua e extremamente estreita, o que impossibilita a ideia de muitas ultrapassagens. E neste domingo, além desse fator, a corrida começou com um acidente logo na primeira volta, que resultou em bandeira vermelha. Com isso, todas as equipes trocaram seu jogo de pneus, as que estavam com pneus duros trocando para os médios e as que estavam com os médios trocando para os duros.

Com essa estratégia, praticamente não houve pit stops após o reinício da corrida, durante as 78 voltas. Max Verstappen foi único a trocar seus pneus, mas estava há quase 20 segundos na frente de Lewis Hamilton. O holandês ficou em sexto lugar e o britânico em sétimo. Além disso, para não desgastar os pneus, as equipes, sobretudo Ferrari e McLaren, optaram por mais administrar o seu jogo de pneus do que ter uma postura mais agressiva, visto que caso os desgastassem e tivessem de trocá-los, uma ultrapassagem seria muito difícil.

No geral, foram apenas 4 ultrapassagens no GP de Mônaco e todas ocorrendo nas últimas 10 posições do grid. Todavia, isso ocorreu devido aos pilotos ultrapassados estarem sofrendo com os pneus e tendo de efetuar trocas duante a corrida, o grande exemplo foi Lance Stroll, que teve seu pneu furado e parou no pit stop para mudanças.

Mônaco e seu circuito de rua

O Grande Prêmio de Mônaco é um dos mais tradicionais da Fórmula 1 e com certeza um dos mais desafiadores do calendário. Devido a já mencionada pista estreita, as ultrapassagens quase não ocorrem e com isso quem larga em primeiro, se começar bem a corrida, que foi o caso de Charles Leclerc, normalmente vence a prova. Durante a corrida, podemos observar que os pilotos preferiram administrar mais seu jogo de pneus e assegurar suas posições, principalmente Leclerc, Piastri, Sainz e Norris, os quatro primeiros colocados.

Charles Leclerc
Charles Leclerc, vencedor do GP de Mônaco — Foto: Reuters.

Méritos para a Ferrari e para McLaren que souberam melhor ler o que estava acontecendo na corrida e cuidaram bem dos seus pneus, consolidando-se assim nas primeiras posições. Com três equipes vencendo nas últimas três corridas, McLaren, Red Bull e Ferrari, a temporada de 2024 parece que será mais disputada que nos últimos dois anos, após um domínio imbatível de Max Verstappen com a RBR. Resta saber se esse cenário continuará como está, ou se a partir do próximo Grande Prêmio, a ser disputado no Canadá, o holandês voltará com tudo, ou novas surpresas virão para dar emoção à Fórmula 1.

Foto: Divulgação/@McLaren.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *