Ídolo do CRB e ex-Corinthians, César morre aos 69 anos - Foto: Divulgação/CRB
Futebol Brasileirão

César, ex-Corinthians e ídolo do CRB, morre aos 69 anos

O dia 21 de junho de 2024 ficará marcado como uma data triste para os torcedores do CRB. O motivo: a morte de um dos maiores ídolos do clube, o ex-goleiro César, que jogou pelo Galo nos anos 1970 e 1980. Ele estava internado em um hospital de Maceió e faleceu devido a problemas cardíacos aos 69 anos.

Criado nas categorias de base do CRB, César iniciou nos profissionais do Galo aos 17 anos, em 1972. Mesmo com apenas 1,75 m de altura, baixo para os padrões da posição de goleiro já naquela época, César se destacou ao longo dos anos e se firmou como o protetor da meta do Regatas, sendo um dos protagonistas do tetracampeonato alagoano do clube em 1976, 1977, 1978 e 1979.

Em homenagem ao ídolo, o CRB emitiu uma nota de pesar em suas redes sociais oficiais na qual relembrou as glórias alcançadas pelo goleiro com a camisa alvirrubra.

“O Clube de Regatas Brasil lamenta profundamente o falecimento do ídolo César, um dos maiores goleiros de nossa história, que nos deixou nessa quinta-feira, aos 69 anos. César fez parte de uma geração vitoriosa do Galo de Campina na década de 70, conquistando cinco títulos do Campeonato Alagoano com a camisa alvirrubra, sendo tetra campeão de forma consecutiva de 1976 a 1979. Descanse em paz, César”, diz a nota do CRB.

César no Corinthians de Sócrates

Outro clube a emitir uma nota de pesar em homenagem a César foi o Corinthians, por onde o “goleiro baixinho”, como o arqueiro ficou conhecido, atuou entre 1981 e 1982. Neste período, o alagoano dividiu o campo com grandes ídolos do Timão como Sócrates, Zenon, Wladimir, Zé Maria, Biro-Biro e Casagrande. Casão, hoje colunista do Uol, escreveu um texto sobre o ex-companheiro em seu blog na plataforma, onde apontou a xenofobia sofrida pelo alagoano dentro do clube paulista.

Outro a dedicar homenagens ao ex-arqueiro alvinegro foi o jornalista Juca Kfouri. Durante o podcast Posse de Bola, também do Portal Uol, Juca lamentou a partida do goleiro e relembrou grandes atuações do ex-CRB com a camisa preta e branca.

JUCA KFOURI LAMENTA A MORTE DE EX-GOLEIRO DO CORINTHIANS: ‘PEQUENO GRANDE CESAR!’ – YouTube

Confira a nota do Corinthians

“O Sport Club Corinthians Paulista informa com pesar o falecimento do ex-goleiro do clube Carlos César de Oliveira, mais conhecido como César, na última quinta-feira (20), aos 69 anos. O ex-jogador atuou pelo Alvinegro no início da década de 1980, mais precisamente em 1981 e 1982, e fez 58 jogos (56 oficiais) com a camisa do Coringão. Atuou ao lado de grandes ídolos da nossa história, como Sócrates, Zenon, Wladimir, entre outros e foi comandado por Osvaldo Brandão. O Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente o falecimento e se solidariza à família e amigos nesse momento de luto”, lamenta a nota corintiana.

César posa para foto antes de partida pelo Corinthians, em 1982 - Foto: Acervo/Corinthians
César posa para foto antes de partida pelo Corinthians, em 1982 – Foto: Acervo/Corinthians