Indiana Pacers
Basquete Jogos NBA

Com atuação dominante, Indiana Pacers vence o New York Knicks em casa

Neste domingo, 12, New York Knicks e Indiana Pacers se enfrentaram no jogo 4 da série entre as duas equipes no Gainbridge Fieldhouse, Indiana, pelas semifinais da Conferência Leste.

Análise

O jogo 4 da série entre Indiana Pacers e New York Knicks foi resolvido nos primeiros minutos do primeiro quarto. Com Tyrese Haliburton em quadra (jogador era dúvida por conta de uma torção no tornozelo), o Indiana Pacers assumiu a vantagem no placar ainda nos primeiros minutos de partida e não deixou o New York Knicks encostar em nenhum momento.

Os Pacers tiveram uma atuação para lá de dominante, do início ao fim. As bolas de três (14-31 contra 7-37) e as assistências (31 contra 18) foram dois quesitos que pesaram a favor dos visitantes durante todo o jogo.

Haliburton terminou o confronto como o grande cestinha do time da casa, com 20 pontos marcados, seis rebotes e cinco assistências. O armador atuou em apenas 28 minutos devido a vantagem criada logo cedo.

Outros destaques ficaram para: Paskal Siakam (14 pontos, quatro rebotes e duas assistências), Myles Turner (13 pontos, cinco rebotes e duas assistências), T. J. McConnell (15 pontos, quatro rebotes e 10 assistências) e Obi Toppin (14 pontos, um rebote e duas assistências).

Do outro lado, um dia para ser esquecido pelo New York Knicks. A equipe sentiu muito o quesito físico logo no início da partida, além de ter sofrido com o ritmo acelerado do Indiana Pacers. Nada funcionou para o time nova-iorquino.

A situação dos Knicks foi tão atípica, que o cestinha do elenco foi Alec Burks. O ala-armador teve 20 pontos, cinco rebotes e duas assistências. Grande nome do elenco, Jalen Brunson teve um dia ruim no quesito aproveitamento, com 6-17 de quadra e 0-5 em bolas de três.

Josh Hart e Isaiah Hartenstein também tiveram um dia para esquecer no jogo 4. O ala teve apenas dois pontos em todo o duelo, enquanto o pivô terminou com apenas quatro pontos.

Agora, as duas equipes voltam a quadra no dia 14, em Nova Iorque, no jogo 5.

Tyrese Haliburton, destaque do Indiana Pacers no jogo 4 contra o New York Knicks (Foto: Trevor Ruszkowski-USA TODAY Sports)
Tyrese Haliburton, destaque do Indiana Pacers no jogo 4 contra o New York Knicks (Foto: Trevor Ruszkowski-USA TODAY Sports)

O jogo

O primeiro quarto de New York Knicks e Indiana Pacers começou disputado, mostrando que a partida seria pegada até o fim. Porém essa sensação durou cerca de cinco minutos de jogo.

Ainda na primeira metade do quarto inicial o Indiana Pacers assumiu a liderança no placar e não olhou mais para trás. A equipe estava em um ritmo completamente diferente de seus oponentes, que não tiveram respostas em nenhum momento do confronto.

Os Pacers mostraram logo cedo que estavam no jogo quatro para empatar a série, enquanto os Knicks não entraram em quadra. A franquia de Indiana contou com uma excelente defesa, além de mostrar muita velocidade na transição defesa-ataque. E isso só foi aumentando com o decorrer do jogo.

No segundo quarto a situação não mudou. O Indiana Pacers continuou com seu ritmo de quadra alucinante, e do outro lado, o New York Knicks tinha muita dificuldade em pontuar, assim como defender.

Enquanto isso, a vantagem no placar aumentou bastante, e o jogo já estava resolvido antes mesmo da metade final do segundo quarto. Os Pacers, com toda a vantagem a seu favor, começaram a rodar seu elenco, já os Knicks pensavam no jogo 5.

Por conta disso, os reservas dos dois lados entraram mais cedo em quadra. Mesmo com os jogadores de rotação, os Knicks não foram capazes de diminuir a diferença nem para a casa dos 20 pontos.

O elenco de reservas dos times entrou em ação cedo e até trabalharam mais do que os titulares. Mas o jogo já estava decidido no primeiro quarto.

Fim de jogo: New York Knicks 89 x 121 Indiana Pacers (2-2)

(Foto: Reprodução/X)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *