Dupla Gre-Nal aguarda redução da cheia em Porto Alegre para reavaliações (Internacional Grêmio)
Futebol Brasileirão

Internacional define retorno aos treinos: “Imposição do calendário”

O Internacional divulgou um comunicado nesta segunda-feira (13) afirmando que remarcou o retorno às atividades para esta terça-feira. O Colorado afirma que irá treinar no Complexo da PUCRS por conta da “imposição do atual calendário”, criticando indiretamente o fato da CBF definir apenas no final de maio em relação à paralisação do Brasileirão.

Cabe ressaltar que o CT Parque Gigante segue alagado mesmo com o nível da água em queda nessa região específica de Porto Alegre. Além disso, todos os equipamentos do centro de treinamento do Internacional estão danificados e o estádio Beira-Rio segue extremamente danificado com um gramado impraticável.

Nota oficial do Internacional

“O Sport Club Internacional comunica que a reapresentação do Departamento de Futebol ocorrerá nesta terça-feira (14/05).

A imposição do atual calendário do futebol sul-americano e brasileiro, que infelizmente não acompanha a situação difícil que estamos todos os gaúchos e gaúchas vivendo, nos força a tomar essa decisão.

Entendemos que, neste primeiro momento, a proximidade com o torcedor é fundamental frente a situação tão impactante e triste na história do Rio Grande do Sul. Com esse olhar, iniciaremos um ciclo de treinamentos no Complexo Esportivo da PUC-RS.

Somos todos sabedores que ainda levaremos um tempo imprevisível para retomar as atividades de forma plena nas nossas instalações no CT Parque Gigante. E por força disso vamos reavaliar o cenário semana a semana.

O Clube do Povo agradece a todos que estão auxiliando os mais necessitados e se entregando ao máximo para a reconstrução de nosso Estado.

Que possamos, enquanto Clube, colaboradores e atletas, continuar na luta e levando uma mensagem de união e resiliência a todos os gaúchos e gaúchas que precisam de energia, apoio e força para seguir em frente.”

Situação de calamidade segue no RS

Cabe ressaltar que o Rio Grande do Sul chegou a 147 mortes e 806 feridos por conta das tempestades que atuam no estado desde o início de abril, segundo números oficiais da Defesa Civil atualizados nesta segunda-feira (13).

Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *