Beira-Rio Internacional
Brasileirão Futebol

Após limpeza, Internacional prevê retorno ao Beira-Rio antes do esperado

O Internacional anunciou na noite da última quinta-feira (6) uma nova previsão de retorno ao Beira-Rio, após os estragos causados pela enchente de maio. O clube atuou em casa pela última vez em 28 de abril e precisou deixar o Rio Grande do Sul devido aos danos no estádio e no CT Parque Gigante.

Em um comunicado à imprensa, o Sport Club Internacional informou que 75% da iluminação do estádio já foi restabelecida com sucesso e que estão sendo conduzidos testes rigorosos para garantir a plena funcionalidade dos 25% restantes. Paralelamente, a substituição da grama sintética nos vestiários e no túnel de acesso ao campo teve início esta semana, marcando mais um passo significativo nas reformas.

A plantação da grama de inverno foi concluída com êxito e, segundo as previsões, deve começar a brotar dentro de 14 dias, trazendo uma nova vitalidade ao gramado. Além disso, a aquisição de novo mobiliário para as áreas internas que foram danificadas está em andamento, visando restaurar e melhorar as instalações para jogadores e funcionários. Estas medidas fazem parte de um esforço contínuo do clube para garantir que o estádio esteja em condições ideais para receber o Inter e os torcedores colorados.

Internacional e a limpeza do Beira-Rio

O clube iniciou a limpeza das lojas e áreas de circulação do nível 1 do estádio, prevendo concluir toda a higienização até o final da próxima semana. Com isso, a reabertura do Beira-Rio, inicialmente prevista para agosto, deve ser antecipada para julho.

A última partida do Colorado no Beira-Rio foi em 28 de abril, contra o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro. Desde então, o time jogou como mandante na Arena Barueri, em São Paulo, contra o Belgrano pela Copa Sul-Americana. As próximas partidas serão em Caxias do Sul, no Alfredo Jaconi, e no Heriberto Hülse, em Criciúma. Após esse período, o local dos jogos como mandante ainda não foi definido.

O ginásio Gigantinho e o CT Parque Gigante, anexos ao Beira-Rio, também sofreram com a enchente. Mais de 50 toneladas de resíduos foram removidas do CT, e o processo de reconstrução, com prazo de 90 dias, já começou. O Internacional trabalha intensamente para retornar ao seu estádio e continuar a temporada de forma regular, enfrentando os desafios impostos pelas adversidades climáticas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *