Malásia
Futebol

Malásia: Jogador volta a andar após ter sido atacado com ácido em shopping

A situação do futebol na Malásia está muito complicada. Alguns jogadores chegaram a ser atacados nas últimas semanas, enquanto várias partidas foram canceladas devido a preocupação com a segurança.

Faisal Halim, do Selangor FC, da Malásia, foi um dos jogadores atacados. O atleta foi atingido por ácido em um shopping na periferia da capital Kuala Lumpur no dia 5 de maio, deixando-o com queimaduras de quarto grau que impediram sua mobilidade e fala.

Nesta sexta-feira, 10, segundo o ‘Bernama’, Halim voltou a andar após estar em situação crítica depois do ataque.

Na última quinta-feira, 9, Halim respondeu bem após passar três horas em uma cirurgia de aloenxerto de pele.

“Ouvi dizer esta manhã que ele começou a entrar no quarto e foi ao banheiro sozinho. Isso é um desenvolvimento positivo. Ele quer ir para casa”, afirmou Shahril Mokhatar, vice-presidente do Selangor, ao ‘Bernama’.

Agora, Halim, de 26 anos, se prepara para realizar outra cirurgia nos próximos dias. O jogador deverá receber alta em breve.

O jogo que iniciaria a temporada entre Charity Shield e Selangor FC, time de Halim, que seria disputado nesta sexta-feira, foi cancelado devido a questões de segurança após uma série de ataques a jogadores.

Faisal Halim, após ser atacado na Malásia (Foto: Reprodução)
Faisal Halim, após ser atacado na Malásia (Foto: Reprodução)

Malásia e o futebol

Outros jogadores do futebol da Malásia foram vítimas de ataques nos últimos dias. Akhyar Rashid foi agredido com uma barra de ferro por duas pessoas que roubaram seu dinheiro em frente à sua casa.

Já o ex-jogador Safiq Rahim foi ameaçado com um martelo por dois homens que quebraram a janela traseira de seu carro. Os ataques ainda estão sendo investigados pela polícia.

Até o momento não há conexão entre os casos, mas o presidente da Federação de Futebol da Malásia pediu que os jogadores tenham mais cuidado nos próximos dias devido aos ataques.

(Foto: Zhizhao Wu/Getty Images)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *