Manchester United
Futebol Premier League

Cortes pesados! Manchester United anuncia demissões

Os funcionários do Manchester United foram pegos de surpresa após a diretoria do time ter informado que parte da força de trabalho do clube será demitida nos próximos dias. A notícia foi anunciada durante uma reunião realizada nesta quarta-feira, 3.

Segundo a ‘ESPN’, os cortes no grupo de funcionários que trabalharam para os Red Devils será uma forma do clube economizar dinheiro, para utilizá-lo para melhorar o desempenho da equipe em campo.

De acordo com a publicação do site, a notícia, dada pelo CEO interino Jean-Claude Blanc, deixou grande parte da equipe do clube chocada. Até o momento, alguns funcionários já sabem que deixarão o clube, outros descobrirão nos próximos dias.

Sir Jim Ratcliffe, novo coproprietário do Manchester United (Foto: Eddie Keogh/Getty Images)
Sir Jim Ratcliffe, novo coproprietário do Manchester United (Foto: Eddie Keogh/Getty Images)

Decisão

A iniciativa, idealizada pelo novo coproprietário do Manchester United, Sir Jim Ratcliffe, pode resultar na dispensa de cerca de 250 dos 1.100 funcionários que trabalham atualmente no clube.

Ainda segundo a ‘ESPN’, a notícia “não foi levada de uma forma posivita” pelos funcionários. Apesar disso, existe um sentimento interno de que o Manchester Unite precisa passar por uma transformação financeira significativa.

Outras mudanças já foram implementadas nos Red Devils, incluindo o cancelamento das tradicionais viagens e hospitalidade dos funcionários para comparecer à final da FA Cup.

Time feminino do United (Foto: Getty Images)
Time feminino do United (Foto: Getty Images)

Polêmicas no Manchester United

Poucos dias antes de anunciar o corte de funcionários, o Manchester United pagou uma certa quantia em dinheiro para confirmar a contratação de Dan Ashworth, ex-Newcastle, como novo diretor esportivo da equipe.

O acordo realizado pelos dois clubes recentemente finalizou um impasse de quatros meses.

Outras polêmicas marcaram o início da era Ratcliffe no comando do time de Manchester. O dirigente está sendo muito criticado por priorizar a equipe masculina. O time feminino do United foi deslocado para prédios temporários na base de treinamento do clube em Carrington, enquanto melhorias estão sendo feitas nas instalações do elenco masculino.

Por conta das reformas, que deverão custar 50 milhões de libras e só finalizarão após o fim de 2024-25, o time masculino do Manchester United utilizará as instalações do elenco feminino.

(Foto: Getty Images)