Marcelo Moreno Cruzeiro
Futebol Brasileirão

Marcelo Moreno volta ao Cruzeiro para jogo de despedida

O Cruzeiro anunciou nesta quarta-feira (13) o retorno de Marcelo Moreno para a realização de um jogo de despedida. O boliviano utilizará a estrutura da Toca da Raposa para adquirir a condição física ideal novamente e treinará junto com o elenco atual até o fim do Campeonato Mineiro.

Centroavante com três passagens pela Raposa, o boliviano é considerado um dos maiores ídolos do Cruzeiro sendo importantíssimo de forma esportiva nas duas primeiras passagens. Na terceira, realizou emprésimo para a gestão de Sérgio Santos Rodrigues enquanto o Cruzeiro convivia com dificuldades financeiras consideráveis.

“Seja bem-vindo de volta, Flecheiro Azul! Cruzeiro prepara despedida para Marcelo Moreno, atleta será integrado ao grupo até o fim do Campeonato Mineiro. O Cruzeiro abre as portas da Toca da Raposa 2 para que o Flecheiro se integre ao grupo do futebol, se recondicione usando toda a infraestrutura do CT e, junto ao clube, viabilize a partida que selará a aposentadoria dos gramados, ainda sem data definida.”

Marcelo Moreno teve saída confusa causada pela SAF

Cabe relembrar que a saída do Cruzeiro acabou ocorrendo de forma muito contestada pela torcida no início de 2022. Assim que assumiu, a SAF comandada por Ronaldo tomou a atitude de dispensar jogadores veteranos do elenco como Fábio e Marcelo Moreno, que acabou assinando como agente livre com o Cerro Porteño.

No complemento da nota oficial, o diretor de futebol do Cruzeiro SAF, Pedro Martins, ressaltou que o clube possui grande gratidão por Marcelo Moreno e prometeu uma partida festiva, pois sente que o Raposa está devendo uma despedida à altura.

“O Cruzeiro é grato por tudo que o Marcelo Moreno fez para o clube, e como prova disso, atendemos ao seu desejo de retornar ao clube, se preparar junto ao elenco principal e enfim ter a despedida digna que ele merece do futebol, no Mineirão lotado, em uma partida festiva em sua homenagem”

Carreira vitoriosa

Marcelo Moreno foi revelado no Vitória e desembarcou no Cruzeiro em 2007, sendo negociado ao Shakhtar Donetsk logo no ano seguinte, iniciando a carreura no futebol europeu também passando por Werder Bremen (Alemanha) e Wigan (Inglaterra). Na volta ao futebol brasileiro, passou por Grêmio e Flamengo antes de voltar ao Cruzeiro em 2014, campeão da Série A.

O boliviano novamente deixou a Raposa para jogar cinco anos no futebol chinês antes de retornar para a sua última passagem. Ao todo foram 147 jogos, com 54 gols marcados, maior artilheiro estrangeiro da história do clube.

Imagem: Gustavo Aleixo / Cruzeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *