Eurocopa, Kylian Mbappé
Futebol Ligue 1

Mbappé notifica PSG e exige mais de R$ 581 milhões em salários, diz jornal

O jornal francês L’Equipe noticiou nesta sexta-feira (21) que o atacante Kylian Mbappé notificou o Paris Saint Germain e exigiu o pagamento de mais de 100 milhões de euros (R$ 581 milhões) em salários e bônus atrasados. De acordo com o periódico, o novo reforço do Real Madrid não teria recebido os vencimentos de abril e maio na equipe francesa. A notificação ao clube veio por meio da Liga Profissional de Futebol (LFP). 

Além dos salários atrasados, Mbappé também reivindica o pagamento de alguns bônus acordados, como a recompensa pela permanência dele no clube em 2022, que é de cerca de 72 milhões de euros (R$ 418 milhões) líquidos por ano.

 

BRIGA ENTRE MBAPPÉ E PSG JÁ ERA PREVISTA

Antes da decisão de Mbappé de não renovar com o PSG e assinar com o Real Madrid, a imprensa francesa já previa uma batalha judicial entre o clube e o jogador, onde davam conta de que o Paris não pagaria o bônus de lealdade na totalidade. Na pré-temporada de 2022/23, o jogador e o clube entraram em acordo de reintegração, após o mesmo dizer que não renovaria seu contrato e ser suspenso de uma viagem à Ásia, renunciando cerca de 55 milhões de euros (R$ 319 milhões) brutos do bônus de fidelidade.

De acordo com o L’Equipe, nenhum acordo foi assinado, e os termos do contrato original ainda têm validade jurídica. Por essa razão, Mbappé não pretende se desfazer do que teria direito, e as duas partes devem brigar na Justiça. A notificação da LFP obriga o Paris a pagar seu ex-jogador até o dia 30 de junho. Ao jornal, o PSG limitou-se a dizer que “as negociações continuam”.

 

MBAPPÉ NA EURO

Com o nariz fraturado, Mbappé ficou no banco da França nesta sexta-feira, no empate por 0 a 0 contra a Holanda, pela Euro 2024. Aos 25 anos, ele deixou o PSG após sete temporadas e foi anunciado pelo Real Madrid. A apresentação do atacante na equipe espanhola ainda não tem data.

(Foto: Reuters)