Jerry West, ídolo e símbolo da NBA
Basquete NBA

Jerry West, ex-jogador de basquete, ídolo e símbolo da NBA, morre aos 86 anos

Morreu aos 86 de anos de idade nesta quarta-feira, o ex-jogador de basquete, ex-treinador e ex-executivo Jerry West, considerado um ídolo da modalidade e inspirador do logotipo da NBA. Em comunicado realizado pelo Los Angeles Clippers, equipe na qual atualmente era conselheiro, o ex-atleta não teve as causas de seu falecimento divulgadas à imprensa.

Terceiro jogador a atingir 25.000 pontos na história da liga, West atuou como ala-armador e durante toda a carreira esteve presente no elenco de All-Stars das temporadas regulares, além de levar o Los Angeles Lakers às finais nove vezes, conquistando um título em 1971/1972. O ex-jogador foi também 12 vezes escolhido para a seleção All-NBA (melhor quinteto), MVP das finais disputadas em 1969, e parte do time do 75º aniversário da NBA.

Conselheiro dos Clippers desde 2017, Jerry West foi definido em nota da franquia como “a personificação da excelência do basquete e amigo de todos que o conheciam”, e afirmou que sua esposa, Karen, estava ao lado quando ele faleceu. Como dirigente da equipe, West participou da campanha que levou o time às finais da Conferência Oeste pela primeira vez em sua história, no ano de 2021.

Jerry West, Lakers
Jerry West em ação pelo Los Angeles Lakers contra o New York Knicks na década de 1970 — Foto: The New York Times

O legado de Jerry West na NBA e no basquete dos Estados Unidos

Após construir uma carreira sólida dentro das quadras, Jerry West passou a atuar fora delas, como treinador dos Lakers no final da década de 70, e como executivo a partir da década seguinte, se consolidando como um dos principais nomes da história do basquete norte-americano. Como gerente geral da equipe californiana, esteve presente nos cinco títulos conquistados que deram ao time uma dinastia sobre a NBA dos anos 1980, e permaneceu no cargo até 2000, quando os Lakers conquistavam seu décimo segundo troféu na liga.

Sob sua supervisão, os Lakers formaram nos anos 90 o conjunto Shaquille O’Neal-Kobe Bryant, marcado por três títulos nos anos 2000, e do qual West participou na primeira conquista. Em 2002, assumiu a gerência do Memphis Grizzlies e se aposentou cinco anos depois, aos 69 anos de idade. Durante a passagem, conquistou seu segundo prêmio de Executivo do Ano na NBA e ajudou um time quase a ser vendido, a se tornar uma equipe de playoffs.

Após a aposentadoria do gerenciamento de franquias, voltou a cena em 2011 como membro do conselho executivo do Golden State Warriors, e conquistou mais dois títulos de NBA em sua carreira, nas temporadas de 2014-2015 e 2016-2017. Depois da última conquista em São Francisco, transferiu-se para o Los Angeles Clippers e além de conselheiro, foi também consultor.

Além de todas as conquistas mencionadas acima, Jerry West tem em sua galeria o prêmio de melhor jogador amador por duas oportunidades na Virgínia Ocidental, onde conquistou uma média de 24,8 pontos por jogo, ajudou a equipe local a chegar nas finais da NCAA de 1959, e foi eleito o melhor jogador das finais da liga de basquete universitário dos Estados Unidos. O armador também esteve na seleção norte-americana medalha de ouro nas Olímpiadas de Roma em 1960.

Tendo o apelido de “Senhor Clutch”, um jogador considerado decisivo em momentos finais de partida, West entrou para o Hall da Fama da NBA como atleta em 1980 e em 2010, voltou a figurar no Hall como integrante da equipe olímpica de 1960, que completava 50 anos da conquista do ouro. Com tamanho legado, a liga lhe prepara neste ano uma terceira homenagem e também divulgou uma nota de pesar através de seu comissário, Adam Silver, na qual presta condolências a viúva Karen, aos amigos, e fãs de seu trabalho. Confira a nota a seguir.

Nota de pesar da NBA

Nova Iorque, 12 de junho de 2024.

“Jerry West foi um gênio do basquete e uma figura definidora em nossa liga por mais de 60 anos. Ele se destacou não apenas como campeão da NBA e All-Star em todas as suas 14 temporadas, mas também como um competidor consumado que abraçou os maiores momentos. Ele foi o primeiro MVP das Finais da liga e fez da preparação para a ocasião sua qualidade característica, ganhando lhe o apelido de ‘Sr. Clutch’.

As quatro décadas de Jerry no Lakers também incluíram uma passagem de sucesso como treinador principal e uma notável atuação no front office que consolidou sua reputação como um dos maiores executivos na história do esporte. Ele ajudou a construir oito times campeões durante sua gestão na NBA – um legado de conquistas que reflete sua excelência em quadra. E será consagrado nisso em outubro ,no Naismith Basketball Hall of Fame como colaborador, tornando-se a primeira pessoa já empossada como jogador e contribuidor.

Valorizei minha amizade com Jerry e o conhecimento que ele compartilhou comigo ao longo de muitos anos sobre basquete e vida. Em nome da NBA enviamos as nossas mais profundas condolências à esposa, Karen, sua família e seus muitos amigos na comunidade da NBA.”

Adam Silver, comissário da NBA.

Jerry West, Los Angeles Lakers Legend Who Became 'the Logo' of the NBA, Dead at 86
Jerry West, ídolo da NBA e do basquete norte-americano — Foto: STEPHEN DUNN/GETTY IMAGES

Foto: Divulgação/NBA.com