3601359 73336308 2560 1440
Futebol

Com atuação brilhante, Chelsea vence o Borussia Dortmund e se classifica para as quartas da Champions League

(por Rafael Maia)Nesta terça-feira (7), o Chelsea venceu o Borussia Dortmund no Stamford Bridge. Pelo jogo de volta da Liga dos Campeões, os Blues conseguiram sair com o 2 a 0 (Sterling e Harvertz), quitando o prejuízo sofrido no jogo de ida no Iduna Park.  O jogo: Na primeira etapa, o jogo se desenvolveu como o imaginado, com o Borussia Dortmund mais defensivo, tentando segurar o resultado positivo feito em casa; enquanto o Chelsea mostrava desespero para correr atrás do prejuízo. Com um começo mais lento, os Blues contradiziam o que procuravam, pelo fato de não terem a bola, mas resolveram esse problema ao longo dos primeiros 45 minutos. Os donos da casa começaram a assustar bastante, tendo grandes oportunidades de abrir o placar: com a bola na trave de Havertz e o gol perdido por João Félix cara a cara com o Meyer. Enquanto o BVB só se escondia no jogo, meio que se livrando da bola, dando cada vez mais espaço para o Chelsea chegar junto a sua torcida que tanto apoiava. Como diz um famoso ditado, “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. Dito e feito. De tanto tentar, os torcedores do Chelsea presentes no Stamford Bridge conseguiram tirar esse grito preso na garganta. Um problema rotineiro nesse elenco de Graham Potter são os gols feitos nos jogos, quebrando a cabeça para fazer um único sequer. Quem foi o responsável por esse gol tão esperado foi Sterling, após furar a batida no mesmo lance. O atacante conseguiu dominar com mais clareza, onde estava completamente livre e logo acertando um belo chute, sem chances para o goleiro do BVB, que via sua vantagem indo pelos ares. Podemos dizer que a Muralha Amarela compartilhou do mesmo sentimento de um lutador de boxe, apanhando tanto, que só almejava o toque do sino, para finalizar o round e conseguir ter um tempo para pensar e respirar. Já na segunda etapa, o Borussia teria que se planejar para sair para o jogo, torcendo para que os Blues voltassem frios do vestiário, porém a história não foi bem assim. Estavam focados e determinados para concluir sua vaga no tempo regulamentar. No momento em que a partida estava mais equilibrada, os mandantes encontraram um pênalti, em um toque de mão de Wolf. Com grandes chances de viver o melhor cenário possível, colocando um dos pés do Chelsea nas quartas de final, entretanto, não foi bem assim, o alemão acertou a trave na cobrança. Para a sorte dos Blues, ocorreu uma invasão dupla na cobrança, tendo de repetir a cobrança, que com muita resiliência foi batida por Havertz novamente e no mesmo canto, onde havia errado.  No que o Chelsea ficou com a vantagem, os ingleses conseguiram administrar a partida muito bem, tanto defensivamente, quanto com a posse de bola. O BVB precisava sair, mas não conseguia ter artifícios para tal, coroando uma bela partida dos Blues com uma grande vitória, cravando sua vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Final de jogo: Chelsea 2 x 0 Borussia Dortmund

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *