i 26 0
Uncategorized

Commanders “amarram” Eagles, vencem, e tiram a invencibilidade dos rivais

(por Mattheus Prudente)Nesta segunda-feira (14), o Washington Commanders venceu o Philadelphia Eagles por 32 a 21 no Lincoln Financial Field em Philadelphia. Trabalhando muito bem um “Old School Football”, os Commanders conseguiram amarrar o jogo com um grande tempo de posse de bola e muita fisicalidade, mantendo o ataque dos Eagles fora de campo e garantindo a vitória que tirou a invencibilidade de seus rivais de divisão. A diferença foi gritante no tempo de posse, mesmo com os Eagles equilibrando no final do jogo. O que se viu durante toda a partida foi um domínio da linha ofensiva dos Commanders contra a excelente linha defensiva de Philadelphia, e algumas falhas pontuais, como o roughing the passer contra Taylor Heinicke no final do jogo e um fumble de Dallas Goedert no terceiro quarto, foram decisivas para a derrota de Jalen Hurts e os Eagles. O começo de jogo já demonstrava um maior domínio da posse de bola para os Commanders, mas os Eagles jogavam de forma muito rápida e eficiente quando tinham a bola, e logo se colocaram à frente no jogo. No entanto, no segundo período, a equipe da casa mal tocou na bola, e Washington começou a construir o seu jogo a partir daí, indo para o intervalo vencendo por 20 a 14. O terceiro período seguiu a mesma toada, com os Commanders controlando a bola no ataque e forçando turnovers na defesa. Os Eagles, que cuidaram tão bem da bola durante a sua sequência de oito vitórias seguidas, acabaram falhando nesse quesito neste jogo. No entanto, apesar de toda essa vantagem, os Commanders não conseguiram converter em touchdowns. Com isso, deram a chance para os Eagles voltarem para o jogo, e foi justamente isso que eles fizeram, chegando no último quarto com uma diferença de apenas uma posse de bola. Tentando manter a pouca vantagem que tinham no final, os Commanders usavam o seu jogo terrestre.  No entanto, numa jogada de passe, Heinicke viu o seu pocket colapsar e se ajoelhou para gastar o último tempo dos Eagles. Um defensor rival, no entanto, o atingiu no chão, cedendo a falta e o first down necessário para a confirmação da vitótia de Washington. Eles ainda marcariam um touchdown numa tentativa de jogada de rugby dos donos da casa, comemorando a sua quinta vitória no ano, e a mais importante até agora. FT: Philadelphia Eagles 21-32 Washington Commanders 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *