arena mrv 0
Futebol

Cruzeiro: Torcedores processam Atlético e Arena MRV após clássico

(por Fabrício Carvalho)As repercussões do clássico mineiro no último final de semana seguem muito quentes nos bastidores. Nesta quinta-feira (26), a imprensa mineira apurou que alguns torcedores do Cruzeiro protocolaram durante a semana processos judiciais contra o Atlético-MG, o Atlético (SAF) e a Arena MRV.Essas ações judiciais consistem em uma resposta pelas ações tomadas pelo Atlético no setor visitante antes e durante a partida. Em um dos processos, um torcedor pede na 10ª Vara Civel uma indenização no valor de 15 mil reais alegando danos materiais e morais, citando a Lei Geral do Esporte.A maior parte dos processos focam nos problemas já relatados pela imprensa mineira desde o último domingo. Ou seja, a falta de água potável devido à retirada dos bebedouros, a falta de ports nos banheiros e ausência do papel higiênico.Cabe ressaltar que o Atlético ordenou que a administração da Arena MRV colocasse papel higiênico no setor visitante durante o andamento da partida. Porém, funcionários do estádio alegam que foram ameaçados durante a realização do trabalho.Outro ponto que não escapou de boa parte dos processos consistiu na visão dificuldada do campo durante a partida, pois a direção do Atlético instalou uma rede na torcida visitante e um tapume para separar as torcidas do clube mandantee do Cruzeiro.Do oturo lado, a Arena MRV denunciou que 258 caderias do estádio foram quebradas de forma deliberada por torcedores do Cruzeiro no setor visitante. O CEO do Atlético, Bruno Muzzi, afirmou ao Globo Esporte que torcedores cruzeirenses planejavam quebrar o estádio.Imagem: Divulgação / Arena MRV 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *