ec58b829 787d 4429 9913 76810ac00908
Futebol

De virada, Atlético de Madrid ofusca gol brasileiro e vence Cádiz

(por Mattheus Prudente) Neste domingo (1), o Atlético de Madrid venceu o Cádiz por 3 a 2 no Civitas Metropolitano em Madrid. Conseguindo uma grande vitória de virada, a equipe contou com gols de Angel Correa (2) e Nahuel Molina, enquanto o brasileiro Lucas Pires e Roger Marti marcaram para o Cádiz. Análise Não foi uma atuação perfeita do time misto do Atleti, que não esteve tão seguro no meio de campo como foi na semana passada contra o Real Madrid. Sofrendo muito com a velocidade pelos lados do Cádiz, a equipe até finalizou bastante, mas a atuação defensiva deixou bastante a desejar, como não estamos acostumados a ver. Indo para o jogo contra o Feyenoord no meio de semana pela UEFA Champions League, o Atleti tem alguns problemas a resolver, mas parece ser uma equipe muito resiliente e preparada para vencer. O trio ofensivo tem ido muito bem, e Antoine Griezmann está se destacando na temporada até agora. O jogo O Atleti começou o jogo levando perigo, quando Correa achou Griezmann que chutou no pé da trave. No entanto, a equipe estava muito lenta, e o Cádiz se aproveitou disso para vir para cima e rapidamente abrir o placar. Em boa jogada pela direita, Chris Ramos achou Lucas Pires na segunda trave, tocando para o gol vazio para marcar. Ainda que chegasse com muita facilidade quando tentava, o Atleti não conseguia parar as transições do Cádiz, e um exemplo da lentidão da equipe veio quando, num chutão para frente do goleiro, Roger ganhou de um desligado Axel Witsel e tocou por cima do goleiro Jan Oblak, aumentando a vantagem dos visitantes. Tentando ocupar mais a zona ofensiva após o segundo gol, os Colchoneros vieram para cima e começaram uma blitz, que acabou com o gol que diminuiu a vantagem em um belo cruzamento de Molina que achou Correa nas costas da defesa, cabeceando no cantinho para marcar. Com isso, o jogo foi para o intervalo em 2 a 1 para o Cádiz. A vantagem do Cádiz não demorou muito para conseguir empatar o jogo. Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Correa, mais uma vez participando da jogada do gol, deu passe para Marcos Llorente finalizar para uma excelente defesa de Jeremias Ledesma, mas Molina chutou forte para deixar tudo igual. O Atleti voltou para o segundo tempo com mais vontade do que a primeiraetapa, e isso ficava evidenciado pela falta de contra-ataques que o Cádiz tinha, por conta de um meio de campo mais ligado dos donos da casa. No entanto, Oblak ainda teve que fazer uma boa defesa numa cabeçada forte de Ramos. Precisando da virada, Diegp Simeone colocou um cara que mudaria a cara do jogo: Samuel Lino. Ele deu mais força ofensiva pelo lado esquerdo, e fez uma grande jogada para achar Saúl, que colocou no meio da área para Correa tocar para o gol e virar o jogo para o Atleti. O Cádiz até tentou voltar, mas não conseguiu, e os donos da casa garantiram a vitória. FT: Atlético de Madrid 3-2 Cádiz Situação das equipes Com a vitória, o Atleti fica na quarta colocação com um jogo a menos, enquanto o Cádiz fica no mieo da tabela, na 12ª colocação, com nove pontos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *