west ham united v manchester city premier league scaled 1
Futebol

Manchester City vence o West Ham de virada e segue 100%

(por Rafael Lima) O West Ham recebeu o poderoso Manchester City com o objetivo de encostar na liderança, que era justamente do oponente. Além de líder, o City foi a campo para defender seu 100% de aproveitamento. West Ham segura o City e vai para o intervalo na frenteCom um futebol de entrega e intensidade, os Hammers queriam igualar a disputa na base da vontade e organização tática. Um conceito fundamental era não deixar o City tocar a bola com facilidade.Porém, rapidamente os Citizens começaram a envolver o adversário. Logo aos seis minutos Areola operou duas defesas difíceis e ainda contou com a ajuda de Soucek para evitar o gol de Rodri, em uma incrível sequência.E as chances dos visitantes aconteciam em abundância. Haaland perdeu um gol incrível, Doku e Bernardo Silva também tiveram chances, mas nada de tirar o zero do placar.Só que aos 34’, Ward-Prowse criou boa chance para a defesa de Ederson. Só que um minuto depois, num contragolpe velocíssimo, Coufal imprimiu velocidade e cruzou na cabeça de Ward-Prowse, que marcou o gol inaugural da partida.O Manchester City não se intimidou com o gol e seguiu na mesma toada, criando chances de gol. Em grande jogada de Doku, Haaland quase marcou de carrinho, mas Aguerd salvou.Até o fim da etapa inicial o City buscou o gol, mas foi mesmo para o vestiário atrás no placar. Volume de jogo e qualidade técnica decretam a virada do time de Guardiola  b4df9f494056d51f86c7f1a89850c467-1694878824.jpg O segundo tempo mal começou e o Manchester City já deixou tudo igual. Doku recebeu na esquerda e, em boa jogada individual, bateu para empatar a partida.O gol animou ainda mais os visitantes, que voltaram do intervalo em velocidade e intensidade demolidoras. E o Manchester City passou a empilhar chances.Gvardiol acertou um chute perigoso para fora. Logo depois, Julián Álvarez bateu uma falta com muito capricho, mas a bola bateu na trave. E, ainda na sequência insana, foi a vez de Haaland obrigar Areola a fazer grande intervenção.Nos contra-ataques o West Ham tinha a chance de assustar os visitantes. Com o City ocupando menos o campo de ataque, sem ter a mesma facilidade de trocar passes, o duelo ficou mais equilibrado, frenético, daqueles típicos jogos de Premier League em que tudo pode acontecer.Aos 15 minutos, após uma pequena pressão do West Ham, o time casa por pouco não retomou a liderança, após cabeçada de Zouma que terminou numa defesaça de Ederson. Só que na sequência, foi a vez de Gvardiol chutar para uma ótima defesa de Areola. A partida era jogada num ritmo absurdo.O duelo, como estava se desenvolvendo, era daqueles de difícil prognóstico. Só que aos 30’, numa investida rápida, Matheus Nunes partiu pela direita e cruzou, Bernardo Silva passou para Julián Álvarez, que numa cavadinha moralizadora, deixou o português livre para virar a partida. Belo gol de Bernardo Silva!O tento do City pareceu abalar o West Ham, que se desorganizou. Numa bela investida pela direita, Walker cruzou bem para Haaland, que fechando na área fez Areola defender bem novamente. Que partida do goleiro francês.Entretanto, aos 40 minutos, não teve jeito. Num contra-ataque fantástico, Álvarez lançou Bernardo Silva que puxou o time ao ataque e passou para Haaland, que dominou e bateu sem chances para o grande goleiro adversário, finalmente superando Areola.Após o terceiro tento, os Citizens mataram o jogo e, desanimaram completamente os adversários. Final: West Ham 1×3 Manchester City Vitória do melhor time do mundo, que mesmo com vários desfalques, controlou a partida contra um time muito voluntarioso, que corria demais e lutava para não deixar os Citizens jogarem.Porém, por mais que tenha aplicação tática, é muito difícil anular uma time com tantas alternativas como esse Manchester City, que martelou no primeiro tempo e, mesmo atrás, seguiu na mesma toada, confiando na forma de jogar, e foi premiado com mais uma vitória. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *