Futebol

Ministério Público de Portugal investiga dois ex-árbitros por supostos valores recebidos do Benfica

(por Layo Lucena)Segundo o ‘Correio da Manhã’, o Ministério Público de Portugal está investigando contas bancárias de dois ex-árbitros por terem recebido valores que seriam supostamente contrapartidas por favores prestados ao Benfica.De acordo com o ‘Globo Esporte’, Hugo Miguel e Bruno Esteves são os ex-árbitros investigados pelo MP de Portugal. Atualmente, ambos trabalham no VAR da Federação Portuguesa.O nome dos ex-árbitros surgiram durante uma investigação, que tinha como alvo o empresário César Boaventura, o ex-presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e o ex-assessor jurídico Paulo Gonçalves.Ainda segundo o ‘Globo Esporte’, ainda haveria outros suspeitos na mira da Justiça: Ferreira Nunes, ex-vice-presidente do Conselho de Arbitragem da federação portuguesa; os ex-árbitros Bruno Paixão, Adão Mendes e Jorge Ferreira; e o delegado da liga portuguesa Nuno Cabral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *