7601bd07 1784 466a 85bf 5b5942510004
Futebol

Napoli toma susto, mas conta com grande partida de estreante para virar e golear o Verona

por João ZarifO Napoli estreou fora de casa contra o Hellas Verona, e teve cara muito diferente do time que vimos brigar pelo título da Serie A Tim na última temporada. Com as saídas de Mertens, Insigne, Koulibaly e a iminente saída de Fabián, nomes como Kim Min-Jae e Kvaratskhelia estrearam, além de Lobotka ganhar espaço no meio-campo.Apesar das mudanças o time manteve o estilo de controlar o jogo, linhas altas, pressão na saída de bola, e aos poucos foi encurralando o time da casa. Osimhen teve grande chance no meio da área após jogada de Lozano pela direita aos 10, mas chutou torto em direção à lateral, e aos 11 Zielinski bateu de fora para grande defesa de Montipo.Apesar disso os anfitriões se seguraram, e  aos 28 assustaram com chute de Hongla, desviado com a ponta dos dedos por Meret. Aos 29, escanteio cobrado pela direita, Günter subiu mais que a zaga e desviou de cabeça, e a bola encontrou Lasagna no 2º pau, para completar pras redes, e causar surpresa no placar. 1-0 Verona.O Napoli foi pra cima, tentou marcar aos 30 com Kvaratskhelia pelo lado esquerdo da área que parou no goleiro. Aos 34 Anguissa acertou a trave após cabeceio em cruzamento de Mário Rui. O empate estava maduro, e veio aos 37, quando Lozano ganhou da marcação na direita e cruzou, encontrando o estreante Kvaratskhelia, georgiano de 21 anos, que subiu mais que a marcação e cabeceou sem chances de defesa para o goleiro. 1-1 no placar.Os visitantes queriam a virada no primeiro tempo, mas parecia que não ia dar, mas aos 47, escanteio cobrado por Mário Rui na esquerda, Di Lorenzo desviou no primeiro poste e Osimhen, com faro de matador, chegou em uma bola que parecia perdida para completar e virar o jogo para 2-1. O nigeriano tirou a máscara e fez a festa, no estádio em que já foi vítima de racismo, extravasando felicidade e também um desabafo no fim da primeira etapa.O segundo tempo veio, e o Verona começou em cima. Aos 47, após cobrança de lateral pela direita, o capitão Faraoni conseguiu cruzar do fundo e encontrou Henry na área, que foi no alto para testar no ângulo dentro da pequena área. Tudo igual no placar, 2-2.Aos 55, Kvaratshkelia recebeu na esquerda e fez passe de primeira com a perna direita, na medida para Zielinski ganhar na corrida da zaga e dar um toque de esquerda na entrada da área, tirando do goleiro que tentava abafar o lance. 3-2 para o time napolitano.O time baixou o ritmo do jogo e começou a controlar a partida. Aos 64, Mário Rui achou Lobotka pelo meio, ele avançou sem ser incomodado, e da entrada da área chapou rasteiro de direito, no cantinho esquerdo do goleiro, para marcar um belo gol, e abrir 2 gols de vantagem para o Napoli. 4-2 em Verona.Aos 78 uma jogada linda. Lobotka roubou no meio, Di Lorenzo tocou para Napolitano, ele avançou e esperou a passagem de Di Lorenzo pela direita, ele passou e recebeu, tocou no meio na entrada da área para Osimhen que fez o pivô e deixou com Politano que bateu de esquerda no canto esquerdo de Montipo, que tocou na bola mas não impediu o belo gol do Napoli. 5-2 fora de casa, em bela jogada coletiva.O show continuou, e aos 82, o sexto veio. Lobotka achou Ounas, ele encontrou Politano na direita nas costas da zaga, no fundo, dentro da área, ele rolou para trás, Lobotka não conseguiu bater, e a bola sobrou com Ounas, que bateu pro gol sem goleiro, de dentro da área, fazendo o sexto gol. O árbitro foi chamado para analisar no VAR e anulou o gol pois Zerbin se chocou com o goleiro do Verona, cometendo falta, pouco antes da finalização de Ounas, mantendo 5-2 no placar, e fechando a vitória do time em bela estreia após o susto de sair atrás do placar no primeiro tempo. Destaque para a estreia de Kvaratskhelia, com um gol, uma assistência e muita participação no ataque napolitano.Final: Hellas Verona 2 x 5 Napoli

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *