fe0rmdbwiag91qq
Futebol

Real Madrid dá o sangue para arrancar o empate diante do Shakhtar Donetsk no último minuto

(por Rafael Lima) O Real Madrid foi até Varsóvia, na Polônia, enfrentar o Shakhtar Donetsk, em busca da classificação antecipada para as oitavas da UEFA Champions League. O objetivo dos merengues foi alcançado apenas na última bola, numa cabeçada de Rudiger, que literalmente deu o sangue para garantir a invencibilidade dos atuais campeões na temporada.O jogo começou com o Real Madrid dominando a posse de bola, rodando de um lado para o outro, mas sem ser muito incisivo. O time tentava envolver o adversário, mas a defesa em bloco do Shakhtar sempre levava a melhor.A primeira grande chance foi com Benzema, que bateu com força e obrigou Trubin a efetuar bela defesa. Isso apenas aos 17 minutos. No minuto seguinte, Kroos cruzou e Rudiger cabeceou com perigo para a defesa de Trubin.Mesmo timidamente, o Real tentava achar seu gol, numa trama muito bem montada, Benzema conseguiu finalizar bem, mas Trubin estava lá. No lance seguinte, em outra ótima jogada, foi a vez de Benzema servir Rodrygo e o brasileiro bater para a defesa do goleiro ucraniano.Na reta final, Valverde fez boa tentativa, mas novamente o arqueiro adversário apareceu bem. Sem muita criatividade, o primeiro tempo terminou no zero.A etapa complementar começou com tudo e, com menos de um minuto, Mykhaylichenko cruzou na medida, Mendy falhou e Zubkov cabeceou sem chances para Lunin. O Shakhtar abriu o placar logo de cara.O Real Madrid passou a tentar empurrar os ucranianos para trás. Tchouaméni e Benzema perderam chances na área.Os merengues seguiam tentando chegar ao empate, com a entrada de Vinícius Jr o time ficou mais agudo, porém, passou a dar mais espaço ao adversário perigoso. Traoré recebeu livre de Sudakov, saiu na cara de Trubin, tentou driblar o goleiro, que tocou na bola, mesmo assim ela sobrou para Traoré que bateu no travessão. Logo depois, Zubkov, em outra subida perigosa, bateu de fora com muita força, mas Lunin fez ótima defesa. O duelo passou a ficar mais propenso aos ucranianos. Os visitantes tentavam, mas a falta de inspiração era clara. O tempo passava e nada acontecia. Aos 41 minutos, Vásquez cruzou na medida para Vini Jr, que cabeceou para fora.Se não dava por baixo, os cruzamentos eram o que o Real tinha de mais perigoso. Kross fez grande jogada, cruzou com carinho para Rudiger que cabeceou levando muito perigo, já nos acréscimos. Os Merengues ainda lutavam muito, parecia que não daria, mas, perto dos 50 minutos, esse time que não desiste, fez mais um gol histórico. Kroos novamente cruzou na cabeça de Rudiger novamente, só que desta vez a bola morreu na rede. Empate arrancado na marra. Rudiger ainda se chocou com Trubin, perdeu muito sangue, mas fez o que deveria para evitar a perda da invencibilidade dos atuais campeões. Final: Shakhtar Donetsk 1×1 Real Madrid O Real Madrid ficou muito próximo de perder a invencibilidade na temporada, mas na base da vontade mostrou que sua camisa pesa, conquistando um empate heroico que garantiu os merengues na próxima fase da UEFA Champions League.O time da capital espanhola fez uma partida abaixo da média, mas mostrou sua força até o fim, jogando uma ducha de água gelada na festa do Shakhtar, que por pouco não fez historia. Apesar disso, a equipe ucraniana é favorita para ficar com a segunda vaga na próxima fase. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *