w torre santos
Futebol

Santos e WTorre assinam contrato pela construção da nova Vila Belmiro

(por Fabrício Carvalho)Nesta quarta-feira (27), Santos e WTorre finalmente assinaram o memorando de intenção para a construção da nova Vila Belmiro, etapa primordial para iniciar as tratativas pela construção do novo estádio.As duas partes estavam no último mês possível para a assinatura do contrato em um prazo não oficial. O acordo demorou mais do que o esperado inicialmente mas existe um sentimento de tranquilidade com o estabelecimento do contrato.Com a assinatura do memorando de entendimento, começa a partir deste momento a fase de aprovações com os órgãos públicos e definições entre as partes. Também haverá o início do processo de captação de verbas para investimento nas obras por meio de pré-vendas de benefícios e patrocínios. A previsão é que a obre dure entre 24 a 30 meses.”Esse é um desejo antigo da torcida e desde que assumimos, trabalhamos para ter o projeto que beneficie o clube e, claro, todos os seus associados e torcedores. É um legado que deixamos para o Santos. Uma arena à altura de sua imensa e apaixonada torcida, um empreendimento moderno, muito bem planejado, com uma estrutura digna do Santos FC”Expectativa de 30 mil na nova Vila BelmiroAlém disso, o presidente do Conselho Deliberativo do Santos, Celso Jatene, na terça-feira (26) anunciou que desfez o grupo de conselheiros que estavam acompanhando o andamento das tratativas. A medida foi tomada justamente pela proximidade da assinatura do memorando de entendimento.A previsão inicial aponta que a nova Vila Belmiro terá capacidade para exatamente 30.108 pessoas. Ou seja, o dobro da capacidade atual, que conta apenas com 16.068 lugares. A parceria com a WTorre possui formato semelhante com o acordo da empresa com o Palmeiras, com prazo de 30 anos a partir da inauguração do novo estádio.O Santos seguirá sendo dono do terreno e do estádio, mas a WTorre terá o direito de utilização do local, principalmente para a realização de eventos e shows. R$ 300 milhões em gastos são estimados no projeto, fazendo com que o Peixe utilize inicialmente o Canindé para a temporada 2024. A segunda opção é o Pacaembu, com previsão de reabertura no próximo ano.Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *