gettyimages 1418600544 scaled
Futebol

Thomas Tuchel defende Sadio Mané após agressão a Sané: ‘O caso foi encerrado’

(por Layo Lucena)Sadio Mané, do Bayern de Munique, aceitou todas as consequências após se envolver em uma confusão com seu companheiro de time, Leroy Sané, logo depois da partida contra o Manchester City, pela Champions League.O senegalês foi multado pela equipe e não vai atuar contra o Hoffenheim, pela Bundesliga, neste sábado, 15. Por conta da agressão, Sané teve um corte no lábio, e os dois, que já estavam discutindo em campo, precisaram ser separados por outros jogadores do elenco. Segundo Thomas Tuchel, “o caso foi encerrado”.“Sou seu advogado e primeiro defensor”, afirmou o treinador do Bayern. “Eu o conheço há muito tempo, ele tem meu total apoio. Ele tinha antes, e ainda tem mesmo após esse erro. Todos têm direito de cometer erros.“Foi contra a conduta do time. Isso está claro. Mas o importante é que tudo foi resolvido rapidamente. Isso teve um efeito de limpeza. Era importante que ele continuasse treinando, mesmo com essa suspensão de uma partida. Como tínhamos que lidar com isso e era um incidente flagrante, tínhamos que limpá-lo antes do próximo treinamento”, acrescentou.“Conseguimos isso ontem. Limpamos o ar para que possamos treinar de maneira positiva. Não somos os primeiros e provavelmente não os últimos a isso acontecer”, completou Tuchel.Mané e Sané treinaram juntos na quinta-feira, 13, como uma maneira do Bayern de encontrar alguma estabilidade para o elenco.O Bayern, após seu compromisso na Bundesliga, vai enfrentar o Manchester City na partida de volta das quartas de final da Champions League, na quarta-feira, 19, na Allianz Arena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *