unnamed 2
Futebol

Vasco inicia testes para reconhecimento facial na partida contra o Coritiba

(Por Press FC Assessoria)O Vasco da Gama informa que acontecerá na próxima quinta-feira (21/09), na partida contra o Coritiba, um evento teste para a implementação do reconhecimento facial nas catracas de acesso em São Januário. A medida está prevista no TAC celebrado com as autoridades públicas, oficializando o estádio como pioneiro no Rio de Janeiro no uso dessa tecnologia.Implementado pela Imply, evento teste vai começar com parte das gratuidadesIdosos, pessoas com deficiência e crianças de até 12 anos serão os primeiros a participar da implementação do reconhecimento facial. Os procedimentos para retirada das gratuidades e acesso ao estádio serão os habitualmente adotados, com a inclusão da etapa de cadastramento facial. As gratuidades são destinadas às arquibancadas do estádio.Retirada as gratuidades: As gratuidades poderão ser retiradas a partir desta terça-feira (19), das 10 até 17 horas, exclusivamente na Bilheteria 11 de São Januário. Nos dias de jogos, caso ainda haja disponibilidade, a retirada poderá ser feita apenas na Bilheteria 21. Os torcedores devem apresentar o documento de identidade com foto e a comprovação do direito à gratuidade, conforme descrito no Informativo do Jogo. O Vasco, após confirmar o direito à gratuidade, realizará o cadastramento facial, que consiste em uma foto do rosto do torcedor.Atualmente o acesso ao estádio São Januário é realizado por meio da Plataforma de Sistema de Controle de Acessos ElevenTickets Imply. As 52 catracas são embarcadas com diferentes tecnologias de validação integradas, com leitores RFID, código de barras 1D e 2d (Qrcode). O sistema integrado verifica e valida em tempo real cada ingresso para o setor correto com agilidade e alta precisão. Para garantir ainda mais segurança, todo sistema de acessos passará por um upgrade tecnológico com a implementação de validadores de reconhecimento facial e biometria, e o clube utilizará o portal ElevenTickets, desenvolvido pela Imply, para facilitar os cadastros de forma remota, gerando assim mais conveniência aos torcedores.Imply já iniciou sistema de reconhecimento facial em outros três clubes brasileirosA empresa desenvolve tecnologias inovadoras para modernizar gestão e experiências, e tem o objetivo de tornar o Brasil referência mundial em segurança em experiências esportivas. Líder no fornecimento de tecnologias para gestão de ingressos, sócios e controle de acessos no futebol latino-americano, este ano implementou o Controle de Acessos com Reconhecimento Facial na Arena MRV, por enquanto em fase de testes para jornalistas, e também iniciará o serviço em breve na Ligga Arena, do Athletico-PR, e Sport Clube do Recife.Em 2017, a Imply foi pioneira no país com 100% do Controle de Acessos através de validação biométrica no Club Athletico Paranaense. Por meio de uma parceria estabelecida entre o clube e o Governo do Estado do Paraná, foi possível compartilhar o banco de dados necessário para essa solução inovadora.Na Ligga Arena, a adesão ao cadastro biométrico tornou-se um requisito obrigatório para todos os torcedores, incluindo visitantes. Um dos aspectos mais impactantes desse sistema é a capacidade de detecção de torcedores com mandados de prisão em aberto.Desta forma, quando ocorre uma tentativa de acesso por um torcedor com pendências judiciais, o Club Athletico Paranaense age prontamente, acionando as autoridades competentes, tanto a Polícia Civil quanto a Militar, garantindo assim a segurança de todos os presentes no estádio.Acesso ao estádio de São JanuárioNo dia do jogo, a entrada dos torcedores com direito à gratuidade, cadastrados e não cadastrados, será mantida pelo Portão 8. Os torcedores não cadastrados deverão seguir o procedimento habitual, apresentando o ingresso físico e documento de identidade. Já os torcedores cadastrados devem apenas indicar, no bolsão de acesso, que realizaram o cadastramento e se dirigir às catracas para a identificação facial.A tecnologia de reconhecimento facial só poderá ser feita de forma única e exclusiva pela pessoa portadora da gratuidade, que é pessoal, intrasferível e não dá direito a acompanhante, exceto em casos de PCD (com laudo que indique a necessidade de acompanhante ou quando houver previsão legal).Caso o portador da gratuidade não seja o mesmo que realizou o cadastro facial, o acesso será negado, além de o Vasco recolher o bilhete e bloquear o CPF do titular da gratuidade, em razão da tentativa de fraude.O Vasco recomenda que os torcedores acessem o estádio com antecedência. Quem realizará o cadastro para reconhecimento facial?Nesta primeira etapa, torcedores com direito à gratuidade, que forem selecionados pelo Vasco. Nas demais partidas, o Vasco ampliará o cadastramento, progressivamente. Caso eu não faça o cadastramento, o que preciso levar para acessar o estádio?Apresentar a gratuidade, que deve ser retirada na Bilheteria 21 de São Januário, conforme informações divulgadas pelo Vasco, e o documento de identidade com foto. Caso eu faça o cadastramento, como acessarei o estádio?As pessoas que realizarem o cadastramento facial não receberão ingresso físico, sendo enviada a confirmação de reserva da gratuidade para o e-mail indicado pela pessoa no ato do cadastro. No dia do jogo, os torcedores cadastrados devem se dirigir ao Portão 8, onde serão encaminhados para as catracas de acesso e realização do reconhecimento facial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *