Palmeiras contando com Abel Ferreira a frente da equipe
Brasileirão Futebol

Palmeiras teria entrado desligado aos olhos de Abel Ferreira sobre vitória no Paulistão

O Palmeiras sofreu um pouco para vencer a sua primeira partida na atual temporada, contando até com Abel Ferreira dizendo que o o time entrou “dormindo”. Nesta última quarta-feira (24), o técnico português falou depois da vitória em cima do Inter de Limeira por 3 a 2 no Allianz Parque, sobre eles estarem começando a se habituar novamente com a competição.

O Verdão não teve dos dias mais fáceis no Paulistão, ao começar atrás no placar, virando o jogo e contando com o empate do adversário para ter que fazer mais um golzinho para sair com o triunfo. Sendo que precisou trabalhar nos minutos finais, naquele jeitinho Palmeiras que todos puderam acompanhar na última temporada pelo Campeonato Brasileiro.

Apesar de ter sido sofrido, Abel fica satisfeito com os três pontos conquistados, porém, não deixa de cobrar seus jogadores pela dificuldade passada por eles no confronto:

“É continuar a “olear” a máquina. É o que estamos fazendo, carregar baterias. Há parafusos que têm que ser apertados, é notório. Algumas partes da máquina tem que se apertar parafusos, mas sei o que os jogadores sabem fazer de melhor e vão fazer seguramente”, alegou o técnico do Palestra, sobre os ajustes que precisa fazer no time

Com novas peças em seu elenco, Abel Ferreira já está planejando como direcionará esse início de campanha, visando dar rodagem para algumas peças que chegaram na janela de transferências atual. Falando sobre Bruno Rodrigues e Aníbal Moreno, os atletas já tiveram o gostinho de como é atuar no titular titular do atual campeão do Brasileiro, porém, devem se contentar com a disputa por posições:

“Temos que estar preparados para as equipes se fecharem para nós e termos soluções para conseguir desbloquear essas equipes que tem todo o mérito. Porque defender é uma arte, saber contra atacar também é uma arte”, disse o português.

Pode-se dizer que Abel estava bem-humorado na coletiva de imprensa, dando espaço para elogiar o técnico Júnior Rocha, que estava a frente do Inter de Limeira no confronto:

“Reconhecer onde o adversário é forte e tentar bloqueá-lo é uma forma estratégica de perceber as minhas limitações. Tenho que usar outras estratégias para tentar atacar e gosto desse tipo de treinador. É um treinador jovem, gosto da forma que ele planta suas equipes, fizemos um ajuste tático, mas pela relação numérica na nossa construção”, declarou Abel

Palmeiras e Rony

Uma situação que está acontecendo no Palmeiras remete ao camisa 10 da equipe, Rony, que está cogitando deixar o clube paulista por conta das críticas sofridas por ele. A torcida do Verdão não está em seus melhores dias com o atacante, que está retornando de lesão, sem contar que está tendo suas dificuldades para voltar ao time principal de Abel Ferreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *