Estêvão, Palmeiras e Chelsea
Futebol Brasileirão

Palmeiras oficializa venda de Estêvão ao Chelsea

O Palmeiras oficializou mais uma venda milionária de uma promessa das suas categorias de base: o atacante Estêvão, de apenas 17 anos, foi negociado com o Chelsea. A assinatura do contrato foi realizada neste sábado, finalizando o acordo entre os clubes.

A negociação vinha sendo discutida desde maio, quando os termos foram acertados. Após a realização dos exames médicos em São Paulo, faltava apenas a assinatura do contrato, que ocorreu hoje.

O valor total da transação é de cerca de 61,5 milhões de euros, sendo 45 milhões de euros garantidos e 16,5 milhões de euros atrelados a metas. O Palmeiras terá direito a 70% do valor, enquanto Estêvão e sua família ficarão com os outros 30%. Na cotação atual, isso representa aproximadamente R$ 358 milhões, com R$ 262,1 milhões fixos e R$ 96,13 milhões em metas.

Logo após a assinatura, tanto o Palmeiras quanto o Chelsea anunciaram oficialmente a venda do jovem talento. Estêvão ainda continuará defendendo o Palmeiras nesta temporada e no início da próxima, além de participar do Mundial de Clubes de 2025, que será realizado entre junho e julho – uma das condições impostas pelo Palmeiras na negociação.

“A Sociedade Esportiva Palmeiras informa que concluiu acordo com o Chelsea-ING para a transferência do atacante Estêvão. O atleta de 17 anos se apresentará à equipe de Londres em julho de 2025, após disputar a Copa do Mundo de Clubes da Fifa”, divulgou o clube em suas redes sociais.

Após a participação no Mundial de Clubes, Estêvão se despede do Palmeiras e se apresenta ao Chelsea. A transferência só pode ser efetivada quando ele completar 18 anos, em abril do próximo ano.

A carreira de Estêvão

Estêvão fez sua estreia como profissional no Campeonato Brasileiro de 2023, na última partida da campanha que culminou no título. No início da temporada seguinte, começou com poucas oportunidades, geralmente entrando no decorrer das partidas. No entanto, rapidamente conquistou seu espaço e se tornou uma peça chave no time titular, demonstrando seu valor e potencial.