Ayrton Senna Alain Prost
Automobilismo Fórmula 1

Prost presta homenagem à Senna no aniversário de 30 anos da morte do brasileiro

O ex-piloto e tetracampeão da Fórmula 1, Alain Prost, prestou uma emocionante homenagem a seu antigo rival, Ayrton Senna, no aniversário de 30 anos da morte do brasileiro no GP de San Marino, em Ímola. Em uma postagem em sua conta oficial no Instagram, Prost compartilhou uma foto de ambos durante uma coletiva de imprensa, com a legenda: “Teria sido bom rirmos juntos novamente hoje.”

Prost e Senna protagonizaram uma das maiores rivalidades da história da F1 desde a chegada do brasileiro à McLaren em 1988. A disputa pelo título de 1988 e os eventos controversos de 1989, culminando no famoso incidente no GP do Japão, alimentaram a rivalidade entre os dois pilotos.

Após a saída de Prost para a Ferrari em 1990, a rivalidade continuou acesa, levando a um novo confronto em Suzuka no mesmo ano. Porém, em 1991, Senna conquistou seu terceiro título enquanto Prost enfrentava dificuldades com a equipe italiana.

Em 1993, Prost retornou à F1 pela Williams e conquistou seu quarto título mundial. Curiosamente, como parte do acordo com a equipe, o francês exigiu que Senna não fosse seu companheiro de equipe, o que gerou polêmica na época. No entanto, após a sua aposentadoria, o brasileiro chegou na Williams em 1994, mas a equipe já não era mais tão dominante por conta das mudanças no regulamento.

Até hoje, a rivalidade de Senna e Prost é considerada a maior de todos os tempos na Fórmula 1. Recentemente, uma rivalidade muito famosa gerou um filme. “Rush” retrata a conturbada rivalidade entre Niki Lauda e James Hunt. Desde então, estão surgindo especulações sobre um possível longa dos dois pilotos.

A reconciliação entre Prost e Senna

Antes da trágica morte de Senna em 1994, o francês teve a oportunidade de reconciliar-se com o brasileiro e deixar para trás as desavenças do passado. A relação tumultuada entre os dois pilotos, marcada por rivalidade e polêmicas, deu lugar a um respeito mútuo e uma lembrança eterna da intensidade da competição na Fórmula 1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *