dgorallyda
Automobilismo

Rally Dakar 2024: Confira agora a quarta etapa da competição

Nesta terça-feira (09), tivemos a quarta etapa da competição, vindo de de Al Salmiya até Al Hufuf, totalizando 631 km de deslocamento total, sendo 299 km cronometrados.

Franceses se deram bem nos carros

Uma etapa um pouco mais curta, mas não menos movimentada, contando com imprevistos e surpresas no dia de hoje, mas algo que não surpreende em nada foi o vencedor do dia na categoria dos carros, Sebastien Loeb que, junto de Fabian Lurquin, foram impecáveis na prova de hoje e fecharam o trecho cronometrado em 02:36:02h, seguido de perto pela dupla que lidera a classificação geral, formada por Yazeed Al Rajhi e Timo Gottschalk, vindo +01:08min atrás, completando o top 3, tivemos o atual bicampeão geral Nasser Al Attiyah e seu navegador Mathieu Baumel, ficando +01:22min atrás de Loeb.

Com os resultados de hoje, os bicampeões entram no Top-3 da disputa geral, e atrasam um pouco a entrada do brasileiro Lucas Moraes no grupo, ficando esse assim:

1º Yazeed Al Rajhi (RSA) / Timo Gottschalk (ALE) – Overdrive Racing – 15:44:39h (Categoria Ultimate)
2º Carlos Sainz Sr. (ESP) / Lucas Cruz (ESP) – Team Audi Sport – +04:29seg (Categoria Ultimate)
3º Nasser Al Attiyah (QAT) / Mathieu Baumel (FRA) – Nasser Racing – +11:03min (Categoria Ultimate)
Lucas Moraes / Armand Monleon – Toyota Gazoo Racing – +19:31min (Categoria Ultimate)

Nossos representantes brasileiros fecharam o dia de hoje nas seguintes colocações:

21º Cristian Baumgart / Alberto Andreotti – X Rally Team – +01:39:43min (20º na categoria Ultimate por +01:39:43min)
34º Austin Jones (EUA) / Gustavo Gugelmin – Can-Am Factory Team – +02:39:00h (4º na categoria Challenger por +01:05:14min)
43º Marcelo Gastaldi / Carlos Sachs – Team BBR – +03:03:44h (7º na categoria Challenger por +01:29:58h)
55º Rodrigo Varela / Enio Bozzano Junior – Team BBR – +03:44:43h (3º na categoria SSV por +19:03min) (PENALIZADO EM 17:00MIN)
56º Cristiano Batista / Fausto Mota (ESP) – South Racing CAN-AM – +03:47:32h (4º na categoria SSV por +21:52min)
71º Oscar Peralta (PAR) / Lourival Roldan – South Racing Can-Am – +05:03:42h (16º na categoria Challenger por +03:29:56h)
117º Jorge Wagnernfuhr / Humberto Ribeiro – Xtreme Plus – CST – Polaris – +08:49:50h (20º na categoria SSV por +05:24:10h)
143º Marcos Baumgart / Kleber Cincea – X Rally Team – +32:18:46h (57º na Categoria Ultimate por +32:18:46h) (penalizado em 23:00:00, Iinfrações somadas)

156º Gunter Hinkelmann / Fabricio Bianchini – Team BBR – +39:28:29h (38º na Categoria Challenger por +37:54:43h) (penalizado em 24:00:00, infrações somadas)

Líder vence nas motos

Nas motos, tivemos a segunda vitória de estágio de José Ignacio Cornejo Florimo, postando um tempo de 02:51:11h, sem nenhuma complicação em todo seu trajeto. José Ignacio foi acompanhado de perto por Ricky Brabek, que ficou em 2º lugar apenas +02:59min atrás do vencedor, e o top 03 foi fechado por Kevin Benavides ficando +03:18min atrás de José.

Com isso, o top-3 das motos no geral ficou assim:

1º José Ignacio Cornejo Florimo – 17:27:13h – Monster Energy Honda Team (categoria Rally GP)

2º Ross Branch – +01:15min – Hero Motosports Team Rally (categoria Rally GP)

3º Ricky Brabek – +04:56min – Monster Energy Honda Team – (categoria Rally GP)

Brazuca tira atraso

Nos quadrículos, nosso brasileiro Marcelo Medeiros contornou a má etapa de ontem, mesmo perdendo 1 posição no geral, encerrando o dia na 47ª posição do quadro geral, +04:48:42h atrás do líder, na sua categoria, o piloto da Taguatur Racing Team subiu para a 3ª posição, e descontou quase quatro minutos da vantagem do novo líder, o argentino Manuel Andujar. Com isso, Marcelo fechou com +24:07min de desvantagem para o líder.

Nesta quarta-feira (10), teremos a quinta etapa da competição, de Al Hufuf ate Shubaytah, um deslocamento de 645km, porem com um trecho cronometrado bem curto, de apenas 118km, e uma prova onde vão se destacar os pilotos que tem muita paciência, pois mesmo sendo a mais plana das etapas, sua área cronometrada são os últimos 118km do trajeto total, significando que ela ocorre no ponto mais alto da exaustão e esforço da etapa, repetindo sempre os outros dias, largada as 01:00 da manhã seguindo o horário de Brasília.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *