Rodrigo Caio
Futebol Brasileirão

Rodrigo Caio, ex-Flamengo, pensa em aposentadoria aos 30 anos

O zagueiro Rodrigo Caio não tem vivido o melhor de seus momentos no futebol, principalmente por conta das lesões frequentes sofridas por ele. Segundo as informações do GoalBR, nesta segunda-feira (26), o atleta está pensando em se aposentar, após ter deixado o Flamengo ao fim de seu contrato. Sem ter encontrado um novo destino até o momento, parece que deve continuar assim.

A passagem de Rodrigo Caio pela equipe carioca foi bem interessante no início, porém, os problemas no joelho do zagueiro começaram a ser um obstáculo na sua sequência no time titular. Depois de ter sido essencial na conquista dos títulos em 2019 com Jorge Jesus, o xerifão rubro-negro foi se tornando uma peça esquecida no banco de reservas, seja de Jorge Sampaoli, Vitor Pereira ou até Paulo Sousa.

A chegada de Tite até deu espaço para que ele tivesse alguns minutos no campo, como zagueiro e até primeiro volante, porém, esses pontos não mudaram o futuro do defensor, que já tinha sua saída confirmada desde o meio da última temporada. Junto com ele, Filipe Luís já sabia que não continuaria por mais tempo no clube carioca, mesmo que fosse do desejo de ambos, a permanência no Flamengo.

Os problemas físicos começaram a gritar bastante sobre as decisões de Rodrigo Caio, que estava cansando de sentir o que sentia, seja nas cirurgias ou até nos seus treinamentos. O zagueiro deu espaço para pensar em sua família, nos mundos além do futebol, porque querendo ou não, uma hora o seu momento no esporte chegaria ao fim.

Rodrigo Caio diz adeus ao Flamengo

Decisão de Rodrigo Caio

O zagueiro que brilhou em 2019, Rodrigo Caio até tinha ofertas para continuar no futebol brasileira ou até na Europa, especificamente na Turquia. O defensor em si, não quis se juntar ao Cruzeiro, que procurou ele no mercado de transferências, contando também com a chegada das equipes turcas, que por decisão dele, não teve nem evolução nas negociações.

Fotos: Gilvan Souza/Flamengo

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *