Zz0yOGI0N2E4ZWRmZTYxMWVkOWFlYzRlNTFkNzI5YzJjMw scaled
Lutas Boxe UFC

Ryan Garcia promete: “Vou destruir Sean O’Malley em um duelo pelo UFC”

O boxeador Ryan Garcia quer destruir Sean O’Malley dentro do octógono. Durante uma aparição no The MMA Hour, Garcia declarou corajosamente que está ansioso para desafiar o atual campeão peso galo do UFC no MMA, ao invés de desafiar o oponente no boxe. Garcia ostenta um recorde de 24-1 (20 KOs) na nobre arte e tem uma luta muito aguardada contra Devin Haney, no dia 20 de abril, mas está confiante de que pode entrar no mundo do “Suga” e sair com a vitória.

“Vou bater nele no MMA com certeza”, disse Garcia. “Eu sou natural, você não entende. Eu sou um lutador nato. Acabei de vencer meu segurança que é um lutador, venci ele. Sou forte e tenho um condicionamento louco.”, afirmou.

Garcia e O’Malley discutiram publicamente sobre a possibilidade de uma luta de boxe, embora O’Malley também tenha uma luta importante pela frente. Ele defende o título pela primeira vez no UFC 299, na revanche contra Marlon Vera, único homem a derrotá-lo no MMA até o momento.

Várias estrelas do MMA deram saltos lucrativos da jaula para o ringue, principalmente Conor McGregor, quando lutou contra Floyd Mayweather Jr., em 2017, e Francis Ngannou, que desafiou Tyson Fury em outubro passado. Nem McGregor nem Ngannou levantaram as mãos em suas estreias no boxe, mas Garcia acredita que está qualificado para realizar o cruzamento com sucesso.

“Isso já foi feito”, disse O’Malley sobre a organização de uma luta de boxe contra O’Malley. “Eu sei que vou nocauteá-lo no boxe, isso não é justo. O que é justo é me testar no MMA porque eu sei que se eu me esforçasse e treinasse todos os dias, e tive o Nate [Diaz] me ajudando, até o Alex Pereira, todos eles, e eu realmente tranquei, ele não vai me vencer.”, continuou o confiante King Ryan.

“Eu irei com tudo o que tenho e destruirei Sean O’Malloy. No UFC.”, continuou.

Segundo Garcia, não é só conversa. Ele afirma que já idealizou o confronto e contatou o CEO do UFC, Dana White. “Já enviei mensagens de texto para Dana”, disse Garcia. “Já tenho gente ligada ao Dana para perguntar a ele, vamos fazer isso. Vou para o UFC, me paga uma bolsa, estou lá. Estou disposto a fazer isso depois de Devin Haney.”, contou.“Tudo o que sei é, Dana, me responda, estou tentando dar uma surra em Sean O’Malley.”, prosseguiu.

Ryan Garcia pode enfrentar Sean O'Malley no UFC
Ryan Garcia pode enfrentar Sean O’Malley no UFC

 

Aos 25 anos, Garcia já se tornou uma das estrelas mais comentadas do boxe, conquistando muitos seguidores nas redes sociais e vencendo suas primeiras 23 lutas profissionais antes de ser parado por Gervonta Davis, em abril passado. “King Ryan” se recuperou com um nocaute no oitavo assalto sobre Oscar Duarte, oito meses depois.

O’Malley experimentou uma ascensão semelhante à fama desde que foi retirado do Contender Series do UFC em 2017. Ele conquistou o título peso galo do UFC em agosto passado com um nocaute no segundo round sobre Aljamain Sterling, o que o levou a outro nível de estrelato. Garcia vê potencial para ganhar dinheiro no confronto e insistiu que não há rixa entre O’Malley e ele.

A rivalidade entre Garcia e O’Malley

“Quer dizer, ele está me chamando há algum tempo”, disse Garcia. “Ele me chamou primeiro, vamos deixar isso registrado. Segundo, ele tentou reivindicar minha música tema, Superstar. Eu descobri isso antes mesmo que ele pensasse nisso. Na verdade, eu mesmo saí com Lupe Fiasco. Não deixe as pessoas te encherem de gás, irmão, eu inventei isso, você não. Você é apenas um Conor McGregor Jr.”, continuou.

“Tudo é baseado nisso. Agora ele está se recuperando, mas era tudo Conor. Ele fez a tatuagem no meio do peito, a única diferença é que ele pintou o cabelo de arco-íris.”, opinou.

Garcia elogiou o estilo de luta de O’Malley, chamando-o de “realmente muito legal”, mas nada do que ele viu em “Sugar” o desanimou de seu pedido para duelar com O’Malley sob as regras do MMA.

Ele está até disposto a fazer isso este ano, depois de fechar seu negócio com Haney. O ideal é que ele vença aquela luta e depois consulte um time de lutadores de MMA antes da luta, incluindo Conor McGregor.

“Estou disposto a isso”, disse Garcia. “Próximo. É só me dar três ou quatro meses só de treino de MMA que eu vou dar uma surra nele.”, prometeu.

“Eu disse ao Nate para me treinar um pouco. Eu até pediria ao Conor que me deixasse treinar um pouco com ele. Todo mês haveria um novo treinador: Conor, Alex Pereira, Nate e apenas mais alguém. Isso seria doentio.“, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *