Textor
Futebol Brasileirão

Textor X Leila: Dono do Botafogo processa presidente do Palmeiras por declarações dadas sobre ele em entrevistas

O dono do Botafogo, John Textor, entrou com uma demanda em juízo contra a presidente do Palmeiras, Leila Pereira, na última quinta-feira (23), alegando que foi ofendido pela mandatária do clube alviverde durante algumas entrevistas para a imprensa, conforme informou o jornal O Globo.

A ação foi colocada nas esferas criminal e cível, e foi iniciada pelo advogado criminalista Raphael Mattos, sendo julgada por uma Vara Criminal de São Paulo. Os crimes de difamação e injúria, nos quais os casos foram inseridos, preveem detenção e multa. John Textor pede indenização por danos morais pelas declarações de Leila.

Na ação, o estadunidense declarou que foi ofendido três vezes pela empresária. A primeira, no dia 7 de abril, foi quando Leila chamou Textor de “fanfarrão”, em uma entrevista à CazéTV. A segunda, foi no dia seguinte, quando a presidente disse que o empresário é a “vergonha do futebol brasileiro”. E a última, foi no dia 22 de abril, em participação no programa “Roda Viva”, da TV Cultura, quando em uma das declarações, o chamou de “idiota”.

 

O QUE DIZ O PALMEIRAS E LEILA, SOBRE AÇÃO DE TEXTOR?

O processo corre de pessoa física contra pessoa física – ou seja, as instituições Botafogo e Palmeiras não estão envolvidas na escala judicial. Procurado pelo Globo Esporte.com, o Palmeiras declarou que desconhece a ação. Até a publicação da reportagem pelo portal, Leila Pereira estava em Ribeirão Preto, onde acompanhou a partida contra o Botafogo-SP pela Copa do Brasil, mas ainda não se pronunciou oficialmente.

(Foto: Reprodução)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *