shai
NBA

Thunder atua em alto nível e supera o Boston Celtics em Oklahoma

O jogo mais interessante da noite não tinha como ser outro, contando com o encontro entre Oklahoma City Thunder e o Boston Celtics nesta última quarta-feira (2). Diante de duas equipes muito fortes para essa temporada, a equipe do Oeste que briga para ficar na ponta da Conferência se apresentou como adversária da franquia com o melhor recorde da NBA até o momento.

Os remanescentes de Oklahoma conseguiram sair com a vitória do combate, após terem brigado com unhas e dentes pelo resultado. Com os dois times em questão, completinhos, é possível dizer que não faltou disputa no jogo. Começando com o Thunder imprimindo um volume interessante no primeiro quarto, foram capazes de sair na frente, porém, não tinham uma ampla diferença de pontos, que era apenas de dois na parcial inicial.

Partindo para o segundo, os Celtics já conseguiram dar uma leve acordada, apesar dos turnovers feitos pelos visitantes em grande quantidade, os celtas contaram com a presença de seu trio, que estava disposto a botar fogo no jogo. Entretanto, ao mesmo tempo que Kristaps Porzingis, Jaylen Brown e Jayson Tatum estavam bem, Shai Gilgeous-Alexander não estava para brincadeiras, fazendo de tudo para o placar ficar equilibrado.

Fechando o intervalo com os Celtics na frente, pudemos voltar para o terceiro quarto, mas de uma forma bem diferente. O técnico Mike Daigneult parecia ter as palavras certas para serem ditas aos seus jogadores, fazendo com que todos jogassem em alto nível, tanto a primeira rotação quanto a segunda. Falando de nível ofensivo e de defensivo, porque Chet Holmgren não estava querendo visitas em seu garrafão, distribuindo tocos na cabeça dos mais aventurados.

Com 10 pontos de diferença a favor dos mandantes, o Thunder fazia questão de não tirar o pé do acelerador, se distanciando cada vez mais dos Celtics. Não dava para ficar dando mole na borda, porque se o tubarão que domina o Leste, resolvesse acordar, a situação não seria das mais agradáveis para os donos da casa. No caso, Jason Williams acabou sendo essencial para não permitir que os celtas crescessem no clutch-time, conseguindo efetuar os seus arremessos, mesmo com a ausência de Shai nas decisões.

Final de jogo: Oklahoma City Thunder 127 – 123 Boston Celtics

Destaques:

OKC – Shai Gilgeous-Alexander: 36pts/6reb/7assists; Jalen Wlliams: 16pts; Josh Giddey: 23pts/8reb/6assists

Celtics – Kristaps Porzingis: 34pts/10reb/3blqs e Jayson Tatum: 30pts/13reb/8assists

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *